JAC promete lançar o elétrico mais barato do País em junho

JAC E40 é derivado do compacto T40, tem preço previsto de R$ 129.990 e pode rodar até 300 km com uma carga de bateria

JAC E40 difere em alguns detalhes do T40, do qual é derivado Crédito: Crédito: JAC/Divulgação

A JAC Motors está cheia de expectativas para 2019. Além de uma picape média e de um SUV de luxo para sete pessoas, a chinesa prepara o lançamento de um modelo elétrico. O E40 deve chegar em junho deste ano, por R$ 129.990. Nesse valor, será o elétrico mais barato do mercado.

INSCREVA-SE NO CANAL DO JORNAL DO CARRO NO YOU TUBE

Vendido no mercado chinês como iEV 7S, o E40 é uma versão eletrificada do T40. Frisos, retrovisores, grade dianteira e moldura dos faróis de neblina são na cor azul, comum em elétricos. Seu peso é de 1.310 kg, 90 kg a mais que no irmão T40.

VÍDEO DA SEMANA: AVALIAMOS O AUDI E-TRON

Seu conjunto de baterias de 33 kWh gera potência de 85 kW (equivalente a 115 cv) e torque de 27,5 mkgf. A velocidade máxima é de 102 km/h no modo normal. No modo Sport, sobe para 130 km/h. A aceleração de 0 a 60 km/h se dá em 3,9 segundos.

De acordo com a JAC, a autonomia do E40 é de até 300 km com uma carga completa. O tempo de recarga das baterias, em uma tomada residencial comum, com corrente alternada, é de sete horas. Com um carregador rápido, a espera cai para 1h30, sendo que em uma hora preenche-se 80% da carga.

Os itens de série incluem painel de instrumentos digital, assistente de partida em rampas e controles de tração e estabilidade.

SUV intermediário é outra possibilidade

Outra possibilidade no cenário da marca chinesa é um SUV para preencher a lacuna entre o T50 (com preços entre R$ 84 mil e R$ 88 mil) e o futuro T80, previsto para a faixa de R$ 140 mil. O dono da missão já existe na China e se chama Refine S4. Aqui, o mais lógico seria batizá-lo como T60 ou T70.

O Refine S4 tem porte comparável ao do Jeep Compass. São 4,410 m de comprimento, 1,830 m de largura, 1,660 m de altura e 2,620 m de entre-eixos. No porta-malas, cabem 520 litros.

No mercado chinês, ele tem duas opções de motor. Há um 1.6 aspirado de 110 cv e um 1.5 turbo de 150 cv. Ambos têm quatro cilindros e fazem par com um câmbio automático tipo CVT.

O visual tem pintura em dois tons e rodas de 17″ ou 18″. Na lateral, há dois vincos e uma moldura preta na diagonal. A cabine tem revestimentos na cor preta e painel com linhas mais horizontais, semelhantes às do novo T50.

Ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais


Notícias relacionadas