Diogo de Oliveira, Especial para o Estado

16/02/2021 - 5 minutos de leitura. Atualizado: 17/02/2021 | 8:18

Jaguar fará somente carros elétricos a partir de 2025

Decisão da Jaguar de apostar tudo nos carros elétricos é parte da estratégia para neutralizar as emissões de carbono até 2039

elétrico
Lançado em 2018, o Jaguar I-Pace tem um motor elétrico de 400 cv Crédito: Foto: Jaguar/Divulgação
Carro

Vai comprar um 0km? Nós te ajudamos a escolher.

A Jaguar vai seguir os passos da sueca Volvo e de outras gigantes da indústria de veículos, como a GM. A partir de 2025, a marca inglesa de luxo vai fabricar apenas carros elétricos. A decisão foi comunicada pelo CEO da Jaguar Land Rover, Thierry Bolloré. Segundo o executivo, a empresa vai zerar suas emissões de carbono até 2039. Assim, vai também abandonar o uso de motores a combustão.

A Jaguar caminha para a eletrificação há alguns anos. Desde 2018, a marca produz o SUV elétrico i-Pace, um dos pioneiros no segmento de luxo. Dessa maneira, é natural que lidere o processo de eletrificação dentro da Jaguar Land Rover, que pertence à indiana Tata Motors. No mesmo sentido, Assim como a Jaguar, em breve a Land Rover também será eletrificada.

Jaguar F-Type-detalhe
Jaguar/Divulgação

Land Rover terá seis elétricos

O primeiro SUV elétrico da Land Rover será apresentado em 2024, segundo o CEO da JLR. A partir daí, a marca vai lançar outros cinco elétricos, e, então, abandonar gradualmente a oferta de motores a diesel, que ainda são sinônimo de robustez nos modelos 4×4. Para a transição, a marca terá versões eletrificadas dos modelos Defender, Discovery e Range Rover.

Essa revolução na gama de veículos das duas marcas será fruto de investimentos de £ 2,5 bilhões, equivalentes a cerca de R$ 18,6 bilhões. Até o momento, a empresa não revelou como essa reestruturação vai afetar os empregados. Assim, o grupo informa que não pretende fechar nenhuma fábrica na Inglaterra. Nesse sentido, a planta de Solihull vai ser responsável por fazer a plataforma elétrica da Jaguar.

Inscreva-se no canal do Jornal do Carro no YouTube

Veja vídeos de testes de carros e motos, lançamentos, panoramas, análises, entrevistas e o que acontece no mundo automotivo em outros países!

Inscrever-se

E como fica a fábrica no Brasil?

Inaugurada em 2016, a fábrica da Jaguar Land Rover em Itatiaia (RJ) já teve dias melhores. No início, a unidade produzia os SUVs Discovery Sport e Evoque. Entretanto, desde 2019 a unidade faz apenas o Discovery.

A fábrica ficou parada de março até junho de 2020, por causa da pandemia do novo coronavírus. Em comunicado recente, a JLR informa que mantém “a estratégia de longo prazo no mercado brasileiro, mas que existe um grande desafio pela frente”.

Segundo a empresa, a prioridade é passar pela crise da melhor maneira possível. E finaliza reafirmando que “mantém a estratégia atual e para 2021”, porém sem citar planos para os próximos anos.

A Jaguar Land Rover investiu R$ 750 milhões para erguer a fábrica no Brasil. A capacidade produtiva é de 24 mil unidades por ano. Contudo, a planta não cita números. Assim, informa apenas que produziu “exemplares suficientes para abastecer o mercado brasileiro”.

A segunda geração do Evoque não foi nacionalizada. O motivo são os custos da modernização exigidos para a produção do modelo. Apesar disso, o motor flexível foi mantido como opção no SUV vendido no Brasil.



Notícias relacionadas


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais