Jeep Renegade e Compass híbridos chegam ao Brasil em 2020

Versões híbridas dos Jeep Wrangler, Renegade e Compass serão lançadas nos Salões de Genebra, Nova York e Pequim, respectivamente

Renegade e Compass
Vision Airflow está no estande da FCA Crédito: ROBYN BECK/AFP

A Jeep lançará as versões híbridas de Renegade e Compass no Brasil neste ano. A informação foi revelada por Breno Kamei, diretor de estratégia de produto da FCA no Brasil, à revista Quatro Rodas. De acordo com a reportagem, o Wrangler híbrido também será lançado no Brasil ao longo de 2020.

Os três modelos serão apresentados no Brasil durante o Salão do Automóvel de São Paulo, em novembro. Os detalhes da versão híbrida do Wrangler serão revelados no Salão de Genebra (Suíça), em março.

Renegade e Compass híbridos terão os dados técnicos apresentados em abril. Os novos SUVs da Jeep estarão nos salões de Nova York (EUA) e Pequim, respectivamente.

INSCREVA-SE NO CANAL DO JORNAL DO CARRO NO YOUTUBE

As três novidades podem ser vistas até sexta-feira (10) no CES, em Las Vegas (EUA). O maior evento de tecnologia do mundo vem se consolidando também como uma espécie de primeiro salão norte-americano de carros do ano.

O título pertencia ao NAIAS, em Detroit, que até 2019 ocorria em janeiro, um mês especialmente frio no norte dos EUA. Com o esvaziamento da feira, os organizadores decidiram transferir o salão para junho a partir deste ano.

Renegade e Compass híbridos no CES

Nesta edição do CES, há ao menos sete montadoras tradicionais. São elas: Audi, FCA (Fiat Chrysler Automobiles), Ford, Hyundai, Mercedes-Benz, Nissan e Toyota.

Também estão na feira as startups Byton e Rivian, focadas em veículos elétricos. A primeira está lançando a versão de produção do SUV M-Byte e a outra chama a atenção por sua picape.

Há ainda a Sony, que apresenta um carro-conceito feito em parceria com Bosch, Continental e Magna. A FCA também levou à feira os protótipos Fiat Centoventi e Vision Arirflow.

A FCA prometer que todos os seus modelos terão tecnologia híbrida até 2022. Da Jeep, uma das novidades é que o tradicional emblema 4×4 dos carros a combustão dará lugar ao 4xe nos híbridos.

Logo de Renegade e Compass hibridos
JEEP/DIVULGAÇÃO

Nos três modelos da Jeep mostrados no CES o motor elétrico move o eixo traseiro e o a combustão, o dianteiro. A marca não revelou detalhes, como o consumo de combustível.

Nova fábrica

A marca espera que o investimento em eletrificação se reverta em aumento das vendas. Com as novas versões, a Jeep entrará em um mercado somou mais de 1,5 milhão de unidades em 2020. Esse número é cinco vezes maior que o registrado em 2009.

Dona das marcas norte-americanas Chrysler, Dodge, Jeep e Ram, além de italianas como Alfa Romeo, Fiat e Maserati, a FCA está construindo uma fábrica em Detroit. Da planta sairá inicialmente um novo SUV de sete lugares.

Para 2021, a Jeep lançará a nova geração do Grand Cherokee. Outras estreias previstas para o ano que vem são os SUVs grandes Wagoneer e Grand Wagoneer.

Ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais

Notícias relacionadas


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais