Você está lendo...
Kia Sportage é reprovado com nota zero nos testes de colisão do Latin NCAP
Notícias

Kia Sportage é reprovado com nota zero nos testes de colisão do Latin NCAP

SUV sul-coreano tem apenas dois air bags frontais e não oferece ESC; Kia não quis recomendar sistemas de retenção infantil ao Latin NCAP

Vagner Aquino, especial para o Jornal do Carro

16 de dez, 2021 · 7 minutos de leitura.

Latin NCAP
Ausência de air bags de cortina foi crucial para baixa pontuação do Kia Sportage
Crédito:Latin NCAP/Divulgação

O Latin NCAP divulgou os resultados de sua última rodada de testes de colisão de veículos vendidos na América Latina nesta quarta-feira (15). Dos modelos testados, apenas o Kia Sportage é oferecido no Brasil. E os resultados foram decepcionantes. O SUV, em síntese, ganhou zero estrela.

Assim como Hyundai Accent (não vendido no Brasil) e a picape Wingle 5, da Great Wall - marca que vai fazer picape e SUVs na fábrica que era da Mercedes-Benz, em Iracemápolis (SP) -, o SUV passou por avaliação de impactos frontal e lateral, chicotada cervical e proteção de pedestres. Todos zeraram.

Sportage

Fabricado na Coreia do Sul, o Sportage tem dois air bags frontais e não conta com controle eletrônico de estabilidade (ESC) padrão, o que rebaixou sua nota. Nesse sentido, o Latin NCAP sugeriu que a Kia ofereça versões mais equipadas para testes. O que, no entanto, foi recusado pela fabricante.


A princípio, o modelo atingiu 48,2% na proteção do ocupante adulto, 14,9% na proteção do ocupante infantil, 57,6% na proteção para pedestres e usuários vulneráveis? e 7% nos sistemas de assistência à segurança.

De acordo com a entidade não-governamental, o modelo teve bom desempenho em impacto frontal e impacto lateral para proteção do ocupante adulto. O porém é a falta de air bags de cortina - disponíveis em outros mercados.


Questão de prioridade

De acordo com os responsáveis pelo Latin NCAP, é necessário criar ações urgentes para nivelar o padrão de segurança dos veículos vendidos na América Latina ao nível global. "A vida de um latino-americano não parece ser tão valiosa e importante quanto a de um coreano, americano, japonês, europeu ou australiano. Nós merecemos os mesmos níveis básicos de segurança sem ter que pagar mais por eles", aborda Alejandro Furas, secretário geral do Latin NCAP.

No quesito proteção de crianças, o Sportage perdeu pontos porque a Kia se recusou a recomendar os sistemas de retenção infantil.

"O resultado desastroso do Kia Sportage revela que a segurança básica aplicada aos modelos comercializados na América Latina é insuficiente para proteger adequadamente a população local. Exigimos carros mais seguros para nossa região", completa Stephan Brodziak, presidente do conselho de administração do Latin NCAP.


Mais um motivo para a nota zero

Desde o ano passado, os veículos avaliados pelo Latin NCAP vêm sendo testados também quanto à segurança passiva de pedestres. Isso significa que a dianteira do veículo sofre impactos repetidos. Nesse sentido, após cada teste, todas as partes frontais são substituídas por novas, e isso demanda grande número de peças de reposição.

Kia/Divulgação

Ao contrário das demais fabricantes, a Kia demorou mais de sete meses para disponibilizar todas as peças necessárias para o teste do Sportage. De acordo com Latin NCAP, dois motivos podem explicar o fato - que é incomum: atraso proposital por parte da fabricante ou sistema de peças de reposição ineficiente. Para eles, ambos os cenários são prejudiciais para os consumidores.


BMW iX gabarita no Euro NCAP

Enquanto os modelos vendidos na América Latina revelam resultados vergonhosos nos testes realizados pelo Latin NCAP, na Europa, a história é outra. Recentemente, a BMW divulgou suas cinco estrelas alcançadas nos testes do iX. O modelo (confirmado no Brasil para o começo do ano que vem) gabaritou. O SUV, em síntese, obteve conceito máximo na proteção de adultos e crianças.

BMW/Divulgação

Com propulsão 100% elétrica, o SUV opera no mais alto nível de segurança. De acordo com o European New Car Assessment Programme (Euro NCAP), o modelo ganhou cinco estrelas em todos os testes de impacto realizados.


Entre as soluções do iX, uma fez toda a diferença. O capô dianteiro, por exemplo, é capaz de se levantar para absorver parte do impacto em caso de atropelamento. Sem contar, portanto, a estrutura do carro. Nela, materiais como alumínio e plástico reforçado por fibra de carbono zelam pela segurança da cabine.

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se
Hyundai Creta Action 1.6 AT
Oferta exclusiva

Hyundai Creta Action 1.6 AT