Notícias

Ladrões furtam R$ 650 mil em rodas e pneus de revenda GM

Bandidos invadiram uma concessionária Chevrolet no Texas (EUA) e deixaram 48 veículos no chão

28 de ago, 2016 · 3 minutos de leitura.

Ladrões furtam R$ 650 mil em rodas e pneus de revenda GM
Crédito:Bandidos invadiram uma concessionária Chevrolet no Texas (EUA) e deixaram 48 veículos no chão
Entre os 48 carros que ficaram sem as rodas, há exemplares de Camaro e Silverado

Uma concessionária Chevrolet na cidade de Tyler, no Texas (EUA) teve um prejuízo de pelo menos US$ 200 mil (R$ 650 mil) na noite do último domingo, depois de ter sido invadida por ladrões, que roubaram as rodas e pneus de 48 carros novos ali expostos.

Os bandidos cortaram os cadeados que mantinham os portões fechados e desligaram as grandes luzes que iluminavam o pátio da loja. Com isso, as imagens gravadas pelas câmeras de segurança ficaram escuras, o que tornou difícil identificar quantos suspeitos participaram do furto.

A ação levou cerca de quatro horas. De acordo com o gerente da loja, David Bates, o prejuízo pode ser ainda maior do que o valor das rodas e pneus subtraídos. Isso porque vários dos carros foram danificados, pela forma como foram deixados, com as carrocerias no chão ou depositadas sobre blocos de concreto. Entre eles, havia exemplares do esportivo Camaro e das picapes Traverse e Silverado. A maioria tinha rodas de liga leve de 20 e 22 polegadas.

Embora insólito, o crime está longe de ser inédito na região. O gerente disse que um incidente parecido aconteceu no ano passado em outra concessionária da mesma cidade, e outras autorizadas no estado do Texas foram vítimas de saques semelhantes.


Entre os 48 carros que ficaram sem as rodas, há exemplares de Camaro e Silverado

Uma concessionária Chevrolet na cidade de Tyler, no Texas (EUA) teve um prejuízo de pelo menos US$ 200 mil (R$ 650 mil) na noite do último domingo, depois de ter sido invadida por ladrões, que roubaram as rodas e pneus de 48 carros novos ali expostos.

Os bandidos cortaram os cadeados que mantinham os portões fechados e desligaram as grandes luzes que iluminavam o pátio da loja. Com isso, as imagens gravadas pelas câmeras de segurança ficaram escuras, o que tornou difícil identificar quantos suspeitos participaram do furto.

A ação levou cerca de quatro horas. De acordo com o gerente da loja, David Bates, o prejuízo pode ser ainda maior do que o valor das rodas e pneus subtraídos. Isso porque vários dos carros foram danificados, pela forma como foram deixados, com as carrocerias no chão ou depositadas sobre blocos de concreto. Entre eles, havia exemplares do esportivo Camaro e das picapes Traverse e Silverado. A maioria tinha rodas de liga leve de 20 e 22 polegadas.

Embora insólito, o crime está longe de ser inédito na região. O gerente disse que um incidente parecido aconteceu no ano passado em outra concessionária da mesma cidade, e outras autorizadas no estado do Texas foram vítimas de saques semelhantes.