Lamborghini vira carro de serviço em aeroporto na Itália

Huracán foi cedido pela própria Lamborghini para guiar entre terminal e pista de pouso no aeroporto de Bolonha

aeroporto
Lamborghini Huracán ganhou pintura especial para aeroporto Crédito: Lamborghini/Divulgação

O aeroporto de Bolonha, na Itália, recebeu mais uma viatura para ajudar a guiar os aviões da pista para os portões de embarque e vice-e-versa. O carro em questão, passa longe do que seria esperado para um veículo de serviço. O aeroporto vai usar nada menos que um Lamboghini Huracán de tração traseira para o serviço.

INSCREVA-SE NO CANAL DO JORNAL DO CARRO NO YOUTUBE

O Huracán é o sexto superesportivo da marca a rodar pelas pistas do aeroporto Guglielmo Marconi desde 2016. A pintura especial foi criada pelo Lamborghini Centro Stile e traz as cores usadas pelos carros que normalmente fazem esse serviço no aeroporto. O Huracán foi pintado de laranja e tem inserções de verde e branco, bem como a bandeira da Itália nas laterais.

Ainda há um giroscópio e luzes no teto, rádio para comunicação direta com a torre de controle e adesivos “Follow me” no teto e laterais.

Para o uso em serviço, nenhuma mudança foi feita no V10 de 5,2 litros de aspiração natural. Todos os 580 cv originais estão à disposição, bem como a transmissão de dupla embreagem e sete marchas. Segundo a marca, o conjunto leva o esportivo de 0 a 100 km/h em 3,4 segundos.

Carro de serviço

No entanto, dificilmente o Huracán do aeroporto usará toda essa potência. O uso do carro é restrito ao acompanhamento e guia de aeronaves. Com isos, o trânsito será sempre em baixa velocidade. Em geral, o serviço pode ser feito por caminhonetes diesel ou hatches de entrada, comuns nos aerportos europeus.

Ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais


Notícias relacionadas