Lamborghini Huracán do Papa foi leiloado neste sábado

Esportivo havia sido doado ao Papa Francisco em novembro de 2017

Crédito: Osservatore Romano/AFP

Um Lamborghini muito especial foi leiloado hoje, em Mônaco. Não se trata de alguma edição preparada para ter um desempenho (ainda mais) obsceno – a parte mecânica do esportivo não foi modificada. O que torna o exemplar único é a assinatura do Papa Francisco.

O Huracán tem tração traseira e foi customizado pela divisão Ad Personam na montadora. A pintura é branca com faixas amarelas, um tributo à bandeira do Vaticano.

O motor é um V10 aspirado de 5,2 litros, que gera 580 cv. O peso de 1.389 kg (33 kg mais leve que a versão de tração integral) resulta em relação peso-potência de 2,4 kg/cv. De acordo com a Lamborghini, o esportivo é capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em 3,4 segundos, e de alcançar 320 km/h de máxima.

O lance vencedor arrematou o Huracán por 715 mil euros, quantia correspondente a cerca de R$ 3 milhões. O leilão foi conduzido pela RM Sotheby’s.

Dinheiro irá para obras de caridade

O carro foi doado ao Sumo Pontífice em novembro passado, já com o propósito de ser leiloado. O dinheiro arrematado será destinado a vários projetos de caridade.

Setenta por cento da renda será revertida para a reconstrução de habitações e edifícios públicos em Nínive, no Iraque. A cidade foi fortemente devastada pelo Estado Islâmico. O restante será dividido entre outras três associações.


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais


Notícias relacionadas