Mercado

Land Rover Evoque volta a ser feito no Brasil na fábrica de Itatiaia (RJ)

Novo Land Rover Evoque está previsto para dezembro no mercado brasileiro e chegará na faixa dos R$ 300 mil; SUV vem com motor 2.0 turboflex

Jady Peroni, especial para o Jornal do Carro

24 de nov, 2021 · 5 minutos de leitura.

land rover" >
Segunda geração do SUV Evoque chegará em dezembro ao mercado brasileiro com produção local no sul do Rio de Janeiro
Crédito:Divulgação/Land Rover

Após dois anos, a Jaguar Land Rover anunciou a retomada da produção do SUV Evoque na fábrica de Itatiaia, no Rio de Janeiro. A marca britânica já vinha trazendo o utilitário de luxo importado da Inglaterra, desde que a nova geração estreou no Brasil em 2019. Esse, por sinal, foi o motivo da pausa na produção.

Para voltar com a montagem do SUV, que está agora na sua segunda geração, a montadora precisou modernizar a linha da unidade no sul fluminense. Dessa forma, a produção local faz com que a marca volte a sonhar com dias melhores. Afinal, o modelo foi o Land Rover mais emplacado da última década no Brasil.

Inclusive, o utilitário será produzido ao lado do Discovery Sport, que está em montagem desde 2016. O modelo tem duas motorizações, diesel e flex, e oferece 7 lugares. Assim, a empresa gera, atualmente, cerca de 400 empregos na região.

''Estamos muito felizes em retomar a produção de um veículo tão emblemático como o Evoque em solo nacional", afirmou o Presidente da Jaguar Land Rover América Latina e Caribe, Frédéric Drouin.

Jady Peroni/Estadão

Motor 2.0 turboflex

O Evoque chega ao mercado brasileiro com duas versões, a SE e R-Dynamic HSE. Ambos os modelos vêm com um motor 2.0 turboflex, com quatro cilindros e 250 cv de potência. Já o torque é de 36,3 kgfm. Com esse conjunto, as versões entregam uma aceleração de 0 a 100 em 7,5 segundos.

Além disso, as duas versões contam off-road, tração integral e sistema Terrain Response 2, que adapta automaticamente as configurações do veículo. A transmissão é automática de nove velocidades. Vale dizer, ainda, que o Range Rover Evoque possui a mesma plataforma da versão importada.



Modernidade

O novo SUV possui uma ampla lista de tecnologia e algumas mudanças no design. As rodas, por exemplo, ganharam uma reestilização, assim como o teto solar panorâmico. Inclusive, a marca informou que apenas 10% dos produtos são feitos nacionalmente. Ou seja, 90% deles vêm de fora.

Por outro lado, em questões tecnológicas, o utilitário traz itens como um sistema de som Meridian e o sistema de infoentretenimento Pivi Pro.

Jady Peroni/Estadão

Diferença entre as versões

Apesar da mesma motorização, as duas versões do Evoque têm diferenças significativas. Isso porque, o R-Dynamic HSE já vem com um pacote de itens de série avançado como, por exemplo, bancos em couro Windsor e função capô transparente (ClearSight Ground View).

Já em conectividade, o modelo possui câmera 360° junto com um sistema de câmeras inteligentes por todo o carro, e controle de cruzeiro adaptativo. Além disso, também há um sensor de profundidade, que monitora o nível da água e se torna essencial para atravessar rios e pequenos alagamentos.

Continua depois do anúncio

Ambas as versões estão previstas para chegar ao mercado brasileiro em dezembro. De acordo com a montadora, a versão SE custará R$ 377.950 e a R-Dynamic HSE R$ 407.950.

Outros serviços

Divulgação/Land Rover

Fora a produção do Evoque e do Discovery, a unidade da Land Rover no Rio de Janeiro conta com uma oficina de restauração. O serviço está disponível com peças originais dos veículos mais antigos da marca, como, por exemplo, para um Defender 130 1996, que foi restaurado recentemente.

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se