Lotus comemora 500 GPs de F1

Equipe inglesa estreou na categoria em 1958, como empresa independente da fabricante de mesmo nome – ambas criadas pelo engenheiro Colin Chapman. Ayrton Senna venceu pela primeira vez e Emerson Fittipaldi conquistou seu primeiro título mundial em um…


Primeira vitória de Senna, em Portugal, a bordo da Lotus 97T

No Grande Prêmio da Europa (em, Valencia, na Espanha) de Fórmula 1, no próximo fim de semana, a inglesa Lotus vai celebrar a marca história de 500 GPs disputados na categoria. Empresa independente da fabricante inglesa (que fora criada em 1952), a equipe de Fórmula 1 também foi iniciativa do engenheiro Anthony Colin Bruce Chapman e estreou na Fórmula 1 em 1958. Entre seus feitos estão o patrocínio nos carros, o efeito-solo (grudava os monopostos no chão) e a suspensão ativa.

Lotus 49, de 1967 a 1969 (Fotos: Divulgação)

Lotus 49, de 1967 a 1969 (Fotos: Divulgação)

Renascida das cinzas nesta temporada (havia falido em 1994), mantém-se como a mais vitoriosa da Fórmula 1. Os três brasileiros com títulos mundiais tiveram passagens importantes na Lotus: Emerson Fittipaldi venceu seu primeiro campeonato, em 1972, em um Lotus; Nelson Piquet correu pela inglesa em 1988 e 1989; e Ayrton Senna venceu pela primeira vez também em um Lotus, em 1985 (Estoril, Portugal).

Lotus 99 de Senna em 1987

Lotus 99 de Senna em 1987

Chapman morreu em 1982, aos 54 anos – à época, dizia-se que ele havia fugido para o Brasil. Em 1986, a Lotus foi vendida à GM, que a conduziu até 1993. Depois foi passada à Bugatti, que em 1996 a vendeu aos atuais donos, investidores da Malásia.


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais


Notícias relacionadas