McLaren faz P1 tributo a Senna

P1 foi customizado pela McLaren como homenagem aos 30 anos do primeiro título de Ayrton Senna

P1
McLaren P1 MSO Senna Crédito: Crédito: McLaren/Divulgação

A McLaren MSO fez um P1 GTR sob medida para celebrar os 30 anos do primeiro título de Fórmula 1 de Ayrton Senna. O carro do piloto na época foi o icônico McLaren MP4/4.

Este P1 GTR, encomendado por um colecionador, usa uma pintura semelhante ao MP4/4. Ostentando as cores do então patrocinador Malboro, que era quase sinônimo de McLaren.

Outros detalhes incluem a marca Senna na dianteira e nas “portas”. Falando delas, há a bandeira brasileira e o código de barras usado no lugar da Malboro. Ele entrava em ação quando existia restrições de publicidade no país da corrida.

A McLaren informa que demorou mais de 800 horas para pintar e terminar o exterior do P1 GTR, uma tarefa que incluiu a adição do número 12 de Senna em 1988, além de discretos louros de aniversário por trás das janelas laterais.

P1 foi alvo de muitas modificações

Apelidado de “Beco”, em homenagem ao apelido dado a Ayrton Senna por seus pais, o P1 também passou por várias outras modificações externas, como novos apêndices aerodinâmicos que aumentaram a força para cerca de 800 kg.

No interior, o volante multifunções foi coberto de Alcantara com costura que combina com o volante do MP4/4. O mesmo material está no painel. Os assentos utilizados para este projeto são os Super Lightweight Racing desenvolvidos para a McLaren Senna, ajudando este P1 GTR a perder ainda mais peso.

 


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais


Notícias relacionadas