Notícias

McLaren mostra nova 600LT Spider

Modelo tem capota rígida retrátil que pode ser aberta ou fechada a até 40 km/h; modelo já pode ser encomendado no Brasil

Redação

24 de jan, 2019 · 3 minutos de leitura.

mclaren" >
Conversível tem mesmo motor V8 biturbo de 600 cv do cupê
Crédito:Foto: McLaren/Divulgação
mclaren

A McLaren revelou a versão conversível do 600LT, seu modelo intermediário. O modelo compartilha a mecânica com a versão cupê e consegue ser 100 quilos mais leve que o 570S Spider, o conversível de entrada da McLaren.

O motor é o mesmo V8 biturbo de 3,8 litros e 600 cv do modelo fechado. A transmissão se mantém a automatizada de dupla embreagem e sete marchas. Como o conversível é apenas 50 quilos mais pesado que o cupê, os números de desempenho são iguais. O 600LT Spider acelera de 0 a 100 km/h em 2,9 segundos e chega aos 324 km/h.

Segundo a marca, a única alteração no desempenho foi na aceleração de 0 a 200 km/h, que conversível cumpre em 8,4 segundos, 0,2 s mais lento que o cupê.

O teto é rígido retrátil e é operado eletricamente. A peça pode ser aberta ou fechada a velocidades de até 40 km/h. No entanto, com a capota abaixada, a velocidade máxima é limitada a 315 km/h.

A carroceria de fibra de carbono é a mesma do cupê e a aerodinâmica gera os mesmos 100 quilos de downforce a 250 km/h. A suspensão teve amortecedores recalibrados em relação ao cupê, e a balança marca 1.297 quilos para o conversível de dois lugares.

McLaren tem interior especial

Por dentro, o 600LT Spider tem revestimento de Alcantara sai de fábrica com os mesmos bancos do hipercarro híbrido P1. Como opcional, o modelo pode ganhar os assentos especiais projetados para o McLaren Senna. A customização é feita pela MSO, a McLaren Special Operations.

O modelo já pode ser encomendado na concessionária da marca na capital paulista.