Notícias

Mercedes começa a vender no Brasil versão ‘mais barata’ do AMG GT 4 portas

Novo AMG GT 43 tem motor 3.0 de 367 cv e custa metade das versões mais caras do modelo. Variante sai por R$ 575.900

Redação

03 de jun, 2020 · 3 minutos de leitura.

amg gt" >

A Mercedes-Benz começou a vender no Brasil uma versão de entrada do AMG GT quatro portas. A GT 43 tem o mesmo visual dos modelos mais caros e custa R$ 575.900, menos da metade do AMG GT 63 mais barato. Até então, a versão mais em conta, por assim dizer, do AMG GT é tabelada em R$ 1.337.900. Por enquanto, a Mercedes trará apenas 20 unidades do GT mais barato. Elas chegam às lojas neste mês.

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se

O modelo usa o novo seis cilindros em linha da marca. Com 3,0 litros e dois turbos, o propulsor entrega 367 cv. O torque chega a 50,1 mkgf, entregues a apenas 1.800 rotações. Segundo a marca, o conjunto é suficiente para levar o grande cupê de 0 a 100 km/h em 5,0 segundos. A velocidade máxima chega a 270 km/h.

AMG GT é bem equipado

Embora seja substancialmente mais barato, o modelo traz muitos itens de série. Faróis de LED, teto solar, rodas de 20 polegadas e grade exclusiva são alguns dos itens da nova versão.

A cabine tem a mesma configuração dos modelos mais fortes, com duas telas de 12,3 polegadas servindo ao cluster de instrumentos e à central multimídia. Há itens de conveniência como bancos aquecidos e sistema de som com alto-falantes da Burmester. O sistema é comum nos modelos mais luxuosos da marca.

Há ainda controle ativo da suspensão, que altera os parâmetros de amorteciento de acordo com o modo de condução. Chave presencial com partida por botão e assistente de farol alto automático completam o conjunto. Frenagem automática de emergência e monitor de tráfego traseiro também são de série.