Você está lendo...
Mercedes espera alta de até 15% nas vendas de comerciais leves
Notícias

Mercedes espera alta de até 15% nas vendas de comerciais leves

Previsão vem na esteira do crescimento do e-commerce no País. Linha Sprinter da marca tem 3 modelos de chassi com cabina

10 de fev, 2017 · 5 minutos de leitura.

 Mercedes espera alta de até 15% nas vendas de comerciais leves


Linha é composta pelos modelos 313 CDI Street (3.500 kg), 415 CDI (3.880 kg) e 515 CDI (5.000 kg)

A Mercedes-Benz prevê que as vendas de veículos comerciais leves aumentarão neste ano. De acordo com o gerente sênior de marketing da divisão de Vans da marca, Werner Schaal, o comércio eletrônico vem apresentando sinais de aquecimento e deve crescer 13% em 2017, o que criará boas oportunidades para esse segmento, no qual a marca alemã comercializa desde 1997 a linha Sprinter, com chassis com cabina, furgões e vans.


A estimativa da Mercedes é que o mercado total das chamadas "large vans", com capacidade entre 3,5 e 5 toneladas, terá crescimento entre 5 e 10%. No caso dos chassis com cabina, a previsão é ainda mais otimista: alta entre 10 % e 15%.

Nos últimos cinco anos, a marca aumentou sua participação nesse segmento de 14% para 26,6%. Em 2016, a linha Sprinter teve cerca de 4.800 unidades vendidas. Desde 1997, foram 125 mil unidades comercializadas. O Brasil é o quinto maior mercado consumidor da linha Sprinter em todo o mundo.

Gama. A linha é composta pelos modelos 313 CDI Street (com capacidade para 3.500 kg), 415 CDI (3.880 kg) e 515 CDI (5.000 kg). São três opções de entre-eixos: 3.250 mm (curto), 3.665 mm (longo) e 4.325 mm (extralongo), num total de 60 opções de configuração, de acordo com o modelo, entre-eixos, altura interna e outros itens. Eles permitem a instalação de diversos tipos de carroçarias, como baú, carga seca, baú frigorificado, carroçaria aberta para bebidas, entre outras.


Esses veículos podem circular mesmo dentro das zonas de restrição ao tráfego de caminhões, comuns nas regiões centrais, o que favorece o seu uso no setor de e-commerce, já que permite o transporte e a entrega de itens como móveis, eletrodomésticos, materiais de construção, produtos de supermercado e hortifrúti. Com os respectivos implementos, podem também servir como food trucks e unidades móveis de socorro médico, ou ajudar na manutenção de aeroportos e redes elétricas.

A atual geração foi lançada em 2016 e incorporou recursos como assistente de vento lateral, farol de neblina com assistente direcional integrado e luzes de circulação diurna.

Como itens de série ou opcionais, há, ainda, controle eletrônico de estabilidade, freios a disco em todas as rodas, air bag para motorista e acompanhantes da primeira fileira de bancos, ar condicionado, rodas de liga leve, controle de velocidade de cruzeiro, volante multifuncional com regulagens de altura e profundidade, sistema de som com leitores de CD e MP3 e conexão Bluetooth, fechamento central das portas por controle remoto, vidros, travas e retrovisores elétricos.