Mulheres já pagam seguro igual ao de homens em três capitais

Cotações de seguro foram equivalentes para dois públicos em São Paulo, Brasília e Belo Horizonte; Rio ainda têm maior diferença a favor das motoristas

seguro
Chevrolet Onix foi modelo mais vendido em junho Foto: Rafael Arbex/Estadão

Um levantamento da Bidu registrou que as mulheres pagam seguros ligeiramente mais altos em São Paulo, Brasília e Belo Horizonte. Ao contrário da tendência mundial registrada nos últimos meses no País, os valores das apólices de seguro feitas em nome de mulheres dos dez carros mais vendidos no Brasil foi mais alto nas três capitais.

+ Conheça a página do Jornal do Carro no Facebook

A diferença, no entanto, é pequena, o que mostra tendência de equiparação dos preços, de acordo com a pesquisa. A Bidu ainda levantou preços médios dos seguros em Porto Alegre e Rio de Janeiro. Em São Paulo, o público feminino paga R$ 168 a mais que o masculino. Em Brasília a diferença chega a R$ 227 e na capital mineira é de apenas R$ 76.

Seguro mais caro no Rio

Foi na capital carioca onde a disparidade dos valores se mostrou mais gritante, mas a favor das motoristas. As mulheres ainda pagam pouco mais da metade do valor na hora de contratar um seguro. No Rio, os homens pagam, em média, R$ 6.117 para segurar um carro, enquanto as mulheres pagam R$ 3.533.


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais


Notícias relacionadas