Você está lendo...
Audi terá elétrico de luxo para 7 pessoas que será usado por Porsche e Bentley
Notícias

Audi terá elétrico de luxo para 7 pessoas que será usado por Porsche e Bentley

Landjet iniciará uma nova fase para os elétricos do Grupo Volkswagen; montadora irá fabricá-lo na mesma fábrica da Kombi elétrica

Emily Nery, Audi Landjet

20 de nov, 2020 · 5 minutos de leitura.

Audi Landjet
Crédito:Futuro elétrico de codinome Landjet faz parte do projeto Artemis da Audi
Futuro elétrico de codinome Landjet é o carro-chefe do projeto Artemis da Aud

Rumores vindos de dentro da fábrica de Ingolstadt, sede da Audi, indicam que a fabricante está desenvolvendo um modelo ultra-luxuoso posicionado acima do A8. De codinome Landjet, ele deve estrear em 2024. Enquanto isso, sabemos que o veículo se derivará em versões para serem comercializadas pelas irmãs de Audi: Porsche e Bentley.

De acordo com a agência de notícias alemã Handelsblatt, a montadora está preparando um veículo de três fileiras, com capacidade para transportar 7 pessoas.

Embora não tenha garantido se será um SUV ou um sedã, o Grupo Volkswagen já deu pistas que indicam mais um utilitário elétrico a caminho. Entretanto, devido ao tamanho, fontes anônimas do conglomerado afirmam que a atual fábrica da Audi não tem capacidade para fabricá-los.


Apesar de não dividirem plataforma, a Kombi elétrica irá compartilhar mesma fábrica com Landjet Divulgação/Volkswagen

Landjet dividirá fábrica com a Kombi elétrica

Como consequência, segundo a Autoblog, a produção do Landjet ocorrerá na fábrica da Volkswagen em Hanôver, onde a marca produz seus veículos comerciais. O ID.Buzz, a Kombi elétrica, será o primeiro veículo elétrico a ser produzido na cidade alemã.

Em nota, a empresa anunciou na última sexta-feira que ?No futuro, a divisão de Veículos Comerciais a Volkswagen construirão o elétrico ID.Buzz na fábrica de Hanover junto com 3 elétricos D-SUV para outras marcas do grupo?.


Primeiro Landjet entrará em produção em 2024

O automóvel faz parte do Projeto Artemis, que visa implementar um carro-modelo para a próxima geração dos elétricos do grupo. Para 2024, somente o Landjet feito pela Audi deverá estrear. Fontes afirmam que ele oferecerá autonomia de até 650 km, o que seria capaz de ir de São Paulo ao Rio sem a necessidade de carregá-lo.

A Bentley já afirmou que pretende lançar seu primeiro elétrico em 2025. Além disso, o CEO da marca, Adrian Hallmark já sugeriu que a novidade poderia ser um crossover. Há pouco tempo, a britânica revelou que irá tornar toda sua gama de modelos elétrica até 2030.


taycan
Primeiro elétrico da Porsche, Taycan chegou para rivalizar com Tesla Model S Divulgação/Porsche

Taycan alavancou às vendas da Porsche

Em ótima fase, a Porsche coleciona altos números de venda com o Taycan. Nos EUA, por exemplo, a esportivo elétrico foi responsável por alavancar às vendas da montadora, prejudicadas pela pandemia. Nesse meio tempo no Brasil, ela vendeu mais de 2 mil carros até setembro, número maior do que as 1.849 unidades vendidas em todo ano passado.

Para 2022, podemos esperar o lançamento da nova geração do Macan, que oferecerá versões elétricas e compartilhará a plataforma com o Taycan e o Audi e-Tron GT. Espera-se que o configuração topo de linha do SUV contenha 2 motores elétricos capaz de atingir 700 cv de potência combinada.


Conforme anunciado na última semana, a Volkswagen investirá 680 milhões de euros, cerca de R$ 4,2 bilhões em novas plataformas e novidades para o futuro totalmente elétrico do grupo.

Deixe sua opinião