Notícias

Hyundai Creta fica até R$ 3.400 mais caro e preço passa dos R$110 mil

Versão de entrada automática do Creta ultrapassa os R$ 80 mil. Linha 2021 foi a última renovação antes da chegada da nova geração, programada para 2021.

Emily Nery

01 de dez, 2020 · 4 minutos de leitura.

Creta" >
Estilo generalista do Creta não enche os olhos, mas não desagrada
Crédito:Hyundai/Divulgação

Em tempos de Black Friday, a Hyundai encareceu a linha 2021 do Creta. Quase 4 meses após trocar de linha, o modelo passa por reajuste em toda sua gama. Destaque para a variante Action 1.6, que ficou R$ 3,4 mil mais cara.

Das versões que carregam o motor 1.6 flexível de 130 cv, a Attitude 1.6 foi a que registrou um aumento mais discreto. Única que dispõe de câmbio, ela passou de R$ 75.990 para R$ 76.990.  Já a primeira configuração a oferecer câmbio automático, a Action 1.6, elevou seu preço em altos R$ 3.400. Com isso, variante passa da barreira dos R$ 80 mil e salta de R$ 79.990 para R$ 83.390.

Tanto a variante Smart Plus 1.6 quanto a Limited 1.6 encareceram R$ 2.400. Com o reajuste, a primeira custa R$ 93.990, enquanto a segunda ultrapassa a barreira dos R$ 100 mil e sai por R$102.99. A Prestige 2.0, versão exclusiva que carrega o motor 2.0 aspirado de 166 cv subiu de R$ 108.990 para R$ 111.990, revisão de R$ 3 mil.

As versões mais caras do Creta carregam itens de série como controle de estabilidade e tração, sinalização de frenagem de emergência, assistente de partida em rampa, controlador de velocidade, central multimídia de 7” com TV digital e câmera de ré.  



Nova geração terá visual polêmico

No próximo ano, a nova geração do Creta deve chegar ao Brasil. Esta foi apresentada no Salão de Xangai com um design que, de tão ousado, ficou controverso. Modelo já apresentado no México conseguiu crescer ainda mais. De 4,27 metros de comprimento passou para 4,30 m, e aumentou 2cm e chega aos 2,61 de entre eixos. Isso ocorre devido à mudança de plataforma, mesma utilizada pelo Kia Seltos

Hyundai Creta
Nova geração do Creta é feita sobre a mesma plataforma do Kia Seltos Divulgação/Hyundai

Em terras mexicanas, há a opção de escolher entre dois conjuntos mecânicos, o 1.5 aspirado de 115 cv e 1.4 turbo a gasolina com 140 cv. A transmissão pode ser manual de 6 velocidades, CVT ou de dupla embreagem automática de 7 marchas. Entretanto, no Brasil, o SUV deve adotar o 1.0 turbo de 120 cv do HB20 em algumas configurações.

o catálogo 0km do jornal do carro tem
ofertas imperdíveis de todas grandes marcas
Logo Jornal do carro
Preencha seus dados abaixo para...
Aceito receber informações e ofertas e que estou
de acordo com termos e condições
Quero receber ofertas do(s) modelo(s)

Obrigado! Em breve entraremos em contato.

x