Você está lendo...
Nova Kombi elétrica, Volkswagen ID.Buzz tem mais fotos reveladas
Notícias

Nova Kombi elétrica, Volkswagen ID.Buzz tem mais fotos reveladas

Nova Kombi, ID.Buzz, tem fotos publicadas em cenários reais; versão final tem pintura bicolor e motor elétrico de 201 cavalos instalado no eixo traseiro

Vagner Aquino, especial para o Jornal do Carro

11 de abr, 2022 · 6 minutos de leitura.

Volkswagen
Volkswagen ID.Buzz foi clicada por ruas e estradas da Europa, onde chega entre julho e setembro
Crédito:Volkswagen/Divulgação

A nova Kombi teve mais fotos divulgadas pela Volkswagen. Clicado em vários ângulos e cenários, o modelo batizado de ID.Buzz. Assim, as imagens são diferentes das reveladas no comecinho de março, durante a apresentação do modelo. Assim, é possível ter uma ideia mais clara sobre a novidade, que logo deverá chegar às lojas. Segundo informações da imprensa internacional, a estreia no mercado europeu deve ser entre julho e setembro de 2022.

Volkswagen
Volkswagen/Divulgação

Ainda não foi confirmada a oferta da nova Kombi no Brasil Entretanto, é bem provável que isso aconteça. Na Europa, serão oferecidas duas versões. Ou seja, furgão de carga e van de passageiros. Esta é a opção que aparece nas fotos acima e abaixo.


Volkswagen
Volkswagen/Divulgação

E há ampla palheta de cores. A nova Kombi das fotos é da cor escolhida para o lançamento. De acordo com a Volkswagen, são dez tons para a carroceria, como azul e laranja, por exemplo. Além disso, haverá quatro combinações do tipo saia e blusa. Ou seja, combinadas com branco, com na van das imagens acima. Essa solução era bastante comum no modelo que foi feito também no Brasil.

Aliás, essa não é a única conexão com a Velha Senhora. Esse é um dos apelidos do modelo antigo. Uma delas é o nome Buzz. Em 1950, quando surgiu como modelo de produção, a Kombi, diminutivo de Kombinationsfahrzeug, palavra alemã que significa algo como veículo combinado, chamava-se VW Bus. Em alguns mercados, o modelo foi rebatizado de Transporter e T1, por exemplo.


Volkswagen
TIAO OLIVEIRA/AE

Elétrica

Apesar de ter a mesma silhueta de pão de forma de antigamente, o utilitário da Volkswagen voltará com tecnologias avançadas. É o caso do sistema de propulsão. Em vez de motor a combustão, a nova Kombi vai ser totalmente elétrica. Portanto, terá baterias de íons de lítio de 82 kWh instaladas no assoalho. De acordo com a VW, repor até 80% da energia leva 30 minutos em estações de recarga rápida. Porém, a marca ainda não revelou dados de autonomia.

Com produção na fábrica da VW em Hannover (Alemanha), a ID.Buzz tem motor elétrico com potência de 201 cv. Instalado no eixo traseiro, gera o equivalente a 31,6 mkgf de torque. Segundo a fabricante, a van chega a 145 km/h. Ou seja, é limitada eletronicamente.


Feita sobre a plataforma MEB, a Volkswagen ID.Buzz é bem parecida com o carro-conceito revelado em 2017. Assim, mantém faróis e lanternas de LEDs, por exemplo. Destaque para o grande símbolo da VW, estampado na dianteira, assim como ocorria no modelo de 1950. Porém, sua função é interromper a faixa de LEDs que liga os faróis. Ou seja, diferentemente da solução adotada na parte traseira.

Volkswagen/Divulgação

Por fora e por dentro

Da mesma forma, chama a atenção o para-choque frontal. Sobretudo a parte inferior, cujo desenho lembra uma colmeia. Além disso, há portas corrediças estão dos dois lados. Isso facilitar o embarque e o desembarque dos passageiros.


Volkswagen
Volkswagen/Divulgação

Aliás, a nova Kombi pode levar cinco ocupantes, que contam com amplo espaço. Nesse sentido, colabora a longa distância entre os eixos, de 2,99 metros. A van tem 4,71 m de comprimento, 1,99 m de largura e 1,94 m de altura. Para comparação, o modelo da primeira geração tinha 2,4 m de entre-eixos. O comprimento era de 4,5 m, a largura era de 1,72 m e a altura, de 2,05 m.

Volkswagen ID.Buzz
Volkswagen/Divulgação

Na cabine, a nova Kombi mantém detalhes nostálgicos. Por exemplo, há acabamento em dois tons que se mistura à modernidade das tecnologias eletrônicas. Além disso, bancos, tapetes e até o painel são feitos com materiais recicláveis. Da mesma forma, há telas no quadro de instrumentos e no painel, ambas de 10 polegadas. Por fim, a Kombi do século 21 tem air bags nos encostos dos bancos traseiros e no meio dos dois assentos da frente. Por fim, versões com seis e sete lugares devem chegar até 2024.

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se
Deixe sua opinião