Você está lendo...
Tudo sobre o novo Nissan Sentra, que já foi registrado no Brasil
Notícias

Tudo sobre o novo Nissan Sentra, que já foi registrado no Brasil

Confira tudo que mudou na nova geração do Nissan Sentra que pode chegar ao País em 2021

Redação

02 de dez, 2019 · 6 minutos de leitura.

sentra
NISSAN SENTRA
Crédito:NISSAN/DIVULGAÇÃO

A nova geração do Nissan Sentra foi mostrada pela primeira vez no Salão de Los Angeles, no mês passado. Mas o modelo já havia dado "sinais" de como seria quando a Nissan mostrou na China o Sylphy, versão para o gigante chinês, do sedã médio. Além disso, o modelo que deve chegar ao Brasil em 2021 já foi registrado por aqui.

Chegando a oitava geração, desde que foi lançado em 1982, o Sentra ganhou uma nova plataforma o que alterou até as medidas do três volumes. Ele ficou 5 centímetros mais largo e baixo que a geração anterior. Isso deu ao carro um aspecto mais esportivo.



sentra

NISSAN/DIVULGAÇÃO

Em termos de design, a nova geração do Sentra aposta em outros detalhes para ressaltar a esportividade, como uma frente mais baixa, faróis de LEDs alongados e mais estreitos. Tudo isso como uma evolução da linguagem visual V-Motion. Nas versões com pintura bicolor, a Nissan adotou o corte na cor preta na coluna C, que dá a ideia de teto flutuante.

Para os Estados Unidos, primeiro mercado a receber o novo Sentra, a motorização será formada por um motor 2.0, aspirado, que rende 151 cv e 20 mkgf. Por lá, o Sentra ainda usava um motor 1.8, que segundo a Nissan oferecia 20% a menos de potência e 16% menos de torque que o novo 2.0.

sentra

NISSAN/DIVULGAÇÃO

O câmbio é o automático do tipo CVT, de relações continuamente variáveis da última geração, segundo a Nissan. Além disso, a Nissan adotou na traseira suspensão independente no lugar do eixo de torção e manteve na dianteira McPherson.

O Sentra agora traz um painel de instrumentos com mostradores analógicos, mas com uma tela central de 4,2 polegadas. Há ainda a central multimídia com tela sensível ao toque de 7 polegadas. Isso na versão de entrada. Nas versões mais completas vai oferecer uma tela de TFT colorido de 7 polegadas e uma central multimídia de 8" com integração a Apple CarPlay e Android Auto.

sentra

NISSAN/DIVULGAÇÃO

Em termos de tecnologia, o Nissan Sentra vai oferecer o Safety Shield 360. É um pacote de tecnologias de assistência e segurança, como frenagem autônoma de emergência com detecção de pedestre, alerta de tráfego traseiro e farol alto. O Nissan Sentra traz ainda dez air bags, alerta de porta traseira aberta, alerta de colisão frontal, alerta de saída de faixa e de fadiga.

sentra

NISSAN/DIVULGAÇÃO

O Sentra atual

No Brasil, o Sentra nunca conseguiu chegar perto do sucesso dos "conterrâneos" japoneses - Honda Civic e Toyota Corolla. Apesar de ser um bom carro, o modelo nunca vendeu na ponta da tabela.

Como método de comparação: o Corolla vendeu, no acumulado de 2019 (até outubro), 46.948 unidades. O Civic fez 22.633 emplacamentos. O Sentra, na quinta colocação, fez apenas 2.708 exemplares no ano até agora.

Aqui no Brasil, o Sentra já conta com um motor 2.0 aspirado que rende 140 cv e 20,3 mkgf com etanol. A única opção de câmbio também já é o automático CVT. É um carro bom, mas entre outras questões, sofreu com uma rede menor que dos rivais na geração anterior para ganhar capilaridade no País. Questão que a Nissan tratou de resolver para a chegada do Kicks.


sentra
NISSAN/DIVULGAÇÃO