Igor Macário, DE INDAIATUBA (SP)

11/04/2019 - 4 minutos de leitura. Atualizado: 12/04/2019 | 11:18

Novo Prisma deverá se chamar Onix sedã e chega ainda em 2019

Segunda geração do sedã chega no fim do ano com mais espaço e tecnologia. Novidade não vai substituir prisma atual e Cobalt

onix sedã
TERCEIRA GERAÇÃO DO PRISMA VAI ADOTAR O NOME ONIX SEDÃ. CRÉDITO: CHEVROLET/DIVULGAÇÃO Crédito:
Carro

Vai comprar um 0km? Nós te ajudamos a escolher.

A Chevrolet adiantou informações da nova geração do Prisma no Brasil que deverá se chamar Onix Sedã por aqui também, como na China. O modelo é igual ao carro mostrado na China e será produzido no País. O nome Prisma ficará restrito à geração anterior, que continuará em produção.

O projeto é global e teve participação dos centros de desenvolvimento da marca no Brasil, México, Estados Unidos, Alemanha, China e Coreia do Sul. A GM ainda não confirma em qual fábrica o sedã será produzido. O time brasileiro, no entanto, encabeça o desenvolvimento dos novos modelos.

A marca afirma que o novo carro não irá substituir nenhum modelo existente. A novidade será posicionada entre os dois sedãs já existentes na gama, o Prisma atual e o Cobalt e chega às ruas no fim de 2019.

A Chevrolet foi muito econômica nos detalhes técnicos, mas o modelo será lançado apenas com uma opção de motor. O propulsor, com três cilindros e turbo, é inédito no mercado brasileiro. Sem confirmar o tamanho do motor, o mais provável é que seja o mesmo 1.0 turbo do modelo chinês.

Ao vivo, o carro tem porte mais encorpado que o Prisma atual e semelhante ao de um Volkswagen Virtus. O VW, aliás, deverá ser o concorrente direto do Onix sedã. As rodas têm tamanho conservador, com apenas 16 polegadas, mas a marca afirma que esses detalhes podem mudar no modelo final.

O sedã também será mais recheado de itens de segurança passiva, com amplas melhorias sobre o Prisma atual. São esperados itens como air bags laterais e de cortina e controles de estabilidade e tração.

A marca já havia revelado que a nova plataforma de modelos compactos dará origem a cinco modelos diferentes. Além de hatch e sedã, a próxima geração do Tracker também será baseada na plataforma. A nova família está em desenvolvimento desde 2014.

O interior do modelo brasileiro ainda é um mistério. Além dos vidros escuros e portas trancadas, o painel do protótipo mostrado ainda trazia mantas de proteção bloqueando a vista. No entanto, a peça não deve mudar muito do modelo chinês.

VÍDEO DA SEMANA: TROLLER T4

Notícias relacionadas


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais