Você está lendo...
Novo VW Golf 8 R-Line é flagrado no Brasil, mas deve voltar eletrificado
Notícias

Novo VW Golf 8 R-Line é flagrado no Brasil, mas deve voltar eletrificado

Expectativa é de que o novo Volkswagen Golf retorne com sistema híbrido; hatch tem versão que une o motor 1.5 a gasolina a uma bateria de 48V

Vagner Aquino, especial para o Jornal do Carro

03 de abr, 2022 · 4 minutos de leitura.

Golf
Modelo foi flagrado e divulgado na internet, aparentemente, em um posto de combustíveis ao lado de outros modelos da Volkswagen
Crédito:Reprodução/Internet

O Golf já não faz mais o sucesso que fez no Brasil uma década atrás. Tanto que o hatch médio saiu de linha no fim de 2020. Mas a Volkswagen deve trazer o seu medalhão de volta. A oitava geração do icônico modelo foi flagrada em testes no País e um grupo de fãs publicou as imagens em uma rede social. A foto exibe a verão esportiva R-Line.

Na única imagem, o Golf aparece de traseira em meio a outros carros da Volkswagen, no que se imagina ser um posto de combustíveis. Essa foto que mostra importantes detalhes, como as lanternas em linhas retas que invadem a tampa do porta-malas e a saída de escape dupla e cromada. Nas rodas, dá para notar o acabamento diamantado.

Volkswagen Golf GTE
Volkswagen Golf GTE 2019 (Divulgação)

Mesmo que a Volkswagen não comente o assunto, o flagra indica um possível retorno do Golf ao Brasil. A última versão importada para cá foi a híbrida GTE. Ela combina dois motores, um 1.4 turbo de 150 cv e outro elétrico de 102 cv. Juntos, geram 204 cv e 900 km de autonomia. Entretanto, a marca alemã trouxe apenas um pequeno lote para cá.



Motores

No mercado europeu, o Golf de oitava geração já existe há algum tempo. A versão R-Line tem motor 1.5 TSI a gasolina com 130 cv ou 150 cv. Além dele, o 2.0 TSI, também a gasolina, gera até 190 cv. Há opções de câmbio manual ou automático, com tração dianteira.

Há ainda o motor 2.0 a diesel TDI de 150 cv. Este está descartado por aqui, afinal, o País não permite a venda de automóveis a diesel. Por outro lado, tem a opção 1.5 eTSI com sistema híbrido leve e uma bateria de 48V. Assim, o hatch faz até 17,5 km/l.


Golf
Novo Volkswagen Golf 8 (Divulgação)

Apesar do preço mais salgado, essa seria uma boa opção para a VW do Brasil. Afinal, híbridos (mesmo que leves) têm benefícios do governo, como isenção do imposto de importação. E são opção para quem quer carros menos poluentes. Será um rival a altura do Toyota Corolla hatch GR? Só o tempo - e Volkswagen - poderão dizer isso aos brasileiros.


O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se
Deixe sua opinião