Número de roubos de veículos cai 21% no Estado de São Paulo

Em fevereiro, o total de ocorrências de furtos recuou 3% e o de roubos de carga, 14%

Foram registrados 5.728 roubos e 8.267 furtos no Estado/ IMAGEM: REPRODUÇÃO Crédito:

O número de registros de furtos e roubos de veículos no Estado de São Paulo apresentou queda em fevereiro. Foram notificados 4.508 casos de roubos e 8.058 de furtos, de acordo com dados da Secretaria de Segurança Pública do Estado divulgados pelo Boletim Econômico Tracker-FECAP. O estudo é feito em parceria pelo Grupo Tracker, que atua no setor de rastreamento e monitoramento de veículos, e a Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado.

No mesmo mês de 2017, foram registrados 5.728 roubos e 8.267 furtos no Estado. Ou seja: houve queda de 3% e 21%, respectivamente. Os registros de roubo de carga, por sua vez, caíram 14% em fevereiro.

Embora a redução do número de ocorrências seja relevante, a cada hora ocorre um caso de roubo de carga, 11 de furtos e sete de roubos de veículos no Estado.

A redução do número desse tipo de crime pode ser justificada pela mudança de comportamento dos criminosos, que estariam migrando para ações mais lucrativas, como  roubos a carros fortes. Podem ter contribuído para essa queda a redução da produção e venda de veículos e da comercialização de peças em desmanches, por causa da crise financeira e da intensificação da fiscalização ­– a análise também faz parte do Boletim Econômico Tracker-FECAP.

Crise

O professor Erivaldo Costa Vieira, coordenador do Departamento de Estudos e Pesquisas sobre a Economia do Crime da Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado (DEPEC- FECAP), afirma que houve queda na demanda por peças e partes de automóveis. Segundo ele, dados da Companhia de Engenharia de Tráfego de São Paulo (CET) confirmam a redução no volume de circulação de veículos, o que também teria contribuído para a queda no número de ocorrências.

Perfil dos crimes

Segundo o Boletim Econômico Tacker-FECAP, dados da Secretaria de Segurança Pública de São Paulo indicam que quase 40% dos furtos e 45% dos roubos de veículos registrados no Estado ocorrem na capital. Em seguida vem a cidade de Campinas, onde foram registrados 4,1% dos casos desse tipo de crime.

Enquanto a maioria dos furtos registrados (cerca de 30%) ocorreram pela manhã, 50% dos casos de roubo foram à noite.

As vias públicas são os locais onde os bandidos mais atuaram. Cerca de 60% dos casos foram registrados em ruas e avenidas.

 

VEJA TAMBÉM: OS CARROS MAIS SEGUROS DO PAÍS


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais


Notícias relacionadas