O que não perder no último dia do Salão de SP

Entre test-drives, boutiques e carros exclusivos, Salão chega ao último dia ainda ‘bombando’ de atrações

salão
Mercedes-AMG One é uma das atrações imperdíveis do evento Crédito: Foto: José Patrício/Estadão

Quem ainda não conseguiu visitar o Salão de São Paulo ainda tem este domingo (18) para fazê-lo. Além de vários lançamentos, o evento também tem muitas outras atrações para entreter os visitantes. Entre test-drives nas dependências do São Paulo Expo, e lojas repletas de lembrancinhas (nem tão baratas assim), o Salão é passagem obrigatória para quem é apaixonado por carro.

A Nissan destinou duas unidades do Leaf para avaliação dos visitantes. O percurso é curto, mas o suficiente para o motorista ter o primeiro contato com um veículo que não faz nenhum barulho e é rápido tanto na aceleração quanto na frenagem.

Já a Volkswagen montou uma pista que simula situações off-road para mostrar a aptidão da picape Amarok V6. A pista metálica simula condições severas de uso. O objetivo é demonstrar a capacidade da picape em subidas e descidas íngremes, inclinação lateral de cerca de 35 graus, subida de escada, torção de chassi, curso de suspensão e etc.

Boutiques

Os produtos da Volkswagen apostam no carisma de clássicos como Fusca e Kombi, inclusive em adoráveis roupinhas de bebê. Miniaturas de modelos como Fiat Toro e Ford EcoSport, algumas com controle remoto, devem agradar os pequenos. A Renault surpreende com acessórios sustentáveis, como uma bolsa feita com cintos de segurança reciclados. Já nas butiques da Mercedes-Benz, BMW e Audi, os mimos à venda exalam a mesma exclusividade dos carros dessas marcas.

Carros exclusivos

No fundo do pavilhão de exposições está localizado o Espaço dos Sonhos, com modelos trazidos pela importadora Via Italia. Entre Ferrari, Lamborghini e Maserati, está o carro mais caro à venda no Salão. Trata-se do Rolls-Royce Cullinan, de R$ 4,4 milhões. O modelo tem carroceria de alumínio e motor 6.75 V12 biturbo, capaz de gerar 567 cv de potência e torque de 86,7 mkgf.

Na Mercedes-Benz, vale dar uma olhada no AMG One, o supercarro híbrido de 1.000 cv que a fabricante começará a produzir no próximo ano.


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais


Notícias relacionadas