Foton Tunland
Andrea Ramos/Estadão

Picape Foton Tunland chega em novembro e tem preços revelados

Foton Tunland é a primeira picape do País que chega com propulsão diesel e elétrica em duas versões que já estão sendo homologadas

Por Andrea Ramos 17 de jun, 2024 · 8m de leitura.

Chega ao País a Foton Tunland, a primeira picape com motor diesel e elétrico do mercado. Com preço a partir de R$ 250 mil, o veículo híbrido estreia nas versões V7 e V9, ambas com tração 4×4. Porém, as picapes ainda estão em processo de homologação e, assim, só começam a ser entregues entre novembro e janeiro de 2025. De toda forma, o modelo deverá ser a primeira picape híbrida a diesel do mercado – afinal, a BYD Shark será híbrida a gasolina.

Na inédita linha de picapes da Foton, a V9 tem apelo mais urbano. Por essa razão, conta com suspensão traseira do tipo McPherson, mais comum nos automóveis. Já em relação às dimensões, a Tunland V9 é maior que as médias e próxima das Full-Size, como, por exemplo a RAM 1500 – a chinesa, aliás, lembra o modelo da marca norte-americana. São 5,61 m de comprimento, 2,09 m de largura, 1,95 m de altura e 3,35 m de distância entre-eixos.

Foton Tunland
Andrea Ramos/Estadão

Entre os diferenciais frente a irmã Tunland V7 está apenas o teto solar panorâmico. Afinal, o segundo modelo da linha de picapes da Foton é mais dedicada ao trabalho, sobretudo em terrenos fora-de-estrada. Por isso, a suspensão é um pouco mais rígida, com feixe de molas e calibrada para operações off-road. Assim, atende outros tipos de trabalho pesado.

Segundo a marca, seu feixe de mola foi projetado para suportar situações adversas. Em relação ao tamanho, a Tunland V7 mantém quase as mesmas medidas da V9, com 5,61 m de comprimento, 2,00 m de largura, 1.91 m de altura e 3,35 m de entre-eixos. Em ambas as picapes, a capacidade de carga é de até 1.000 kg. Além disso, na área da caçamba, há diversos pontos de ancoragem para ajudar na fixação de cargas.

Foton Tunland
Andrea Ramos/Estadão

Foton Tunland V7 e V9 têm mesmo motor

A Tunland V7 e V9 compartilham o mesmo motor. O 2.0 a diesel Aucan combinado a um motor elétrico de 48V. O motor a diesel é um quatro-cilindros com turbocompressor do tipo VGT. Assim, desenvolve 175 cv de potência e 45,9 mkgf de torque máximo. Conforme a montadora, esse motor combinado ao elétrico consome 12,5 km/l de combustível.

O motor elétrico, por sua vez, auxilia o térmico para reduzir o consumo de diesel. Quando o veículo está parado ou em baixa velocidade, por exemplo, a picape opera apenas com o motor elétrico, o que economiza combustível e reduz emissões. E na frenagem ou desaceleração, o motor elétrico atua como um gerador, e converte a energia cinética em eletricidade, que é armazenada na bateria. Isso ajuda a recarregar o componente e aumenta a eficiência.

Além disso, a linha conta com o sistema Start-Stop, que desliga automaticamente o motor em paradas prolongadas. O motor da Tunland trabalha com um câmbio automático de 8 velocidades da ZF e a picape conta com tração 4×4 com acionamento eletrônico, sistema de controle de descida e bloqueio do diferencial traseiro.


Foton Tunland
Andrea Ramos/Estadão

Conteúdos modernos e preço competitivo

No desenho, o destaque da Foton Tunland vai para a grade frontal pronunciada e para os detalhes cromados. Os faróis de LEDs contam com ajuste automático. A bordo, a picape chinesa entrega algumas soluções tecnológicas de última geração. Por exemplo, tem quadro de instrumentos digital e multimídia com tela central de 14,6″ com interface intuitiva e simples. Comandos no volante, ar-condicionado de duas zonas e acesso sem chave são conveniências.

A cabine é bem espaçosa e traz bancos forrados com couro e com ajustes elétricos. Para completar, na parte de segurança há seis airbags (frontais, laterais e de cortina) e freios ABS e EBD por força de lei. Assim como controle eletrônico de estabilidade e sistema de assistência de frenagem (BAS). O monitoramento de pressão dos pneus (TPMS) e a câmera de ré de alta resolução com sensores de obstáculos e assistentes ADAS completam o pacote.


Por sinal, a Foton Tunland terá valores bastante competitivos. Mesmo tendo porte maior, terá tabela bem no coração do segmento de médias, com valores entre R$ 230 mil e R$ 250 mil. Além disso, a picape contará com a rede de concessionários já formada pela marca para os veículos comerciais. São 30 lojas e a previsão é chegar a 45 pontos no País até o fim deste ano.

Foton Tunland
Andrea Ramos/Estadão

Ainda pouco conhecida, Foton está há 13 anos no Brasil

A Foton está presente no Brasil desde 2011. Desde então, atua como importadora da linha de caminhões leves Foton Aumark. Porém, desde o início deste ano, a marca chinesa passou a atuar como subsidiária da Foton Motor Global.


Dessa forma, além da picape Tunland, a marca traz ao Brasil a linha de caminhões de 3,5t a 17t de PBT. Assim como modelos utilitários da linha Wonder, para disputar o mercado com a Fiat Fiorino e o Renault Kangoo, com a possibilidade de uma versão com motor elétrico. Por ora, com caminhões leves e médios, a Foton emplacou 161 veículos no País entre janeiro e maio deste ano.

Siga o Jornal do Carro no Instagram!

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se
Chevrolet S10 2025 ganha potência e tecnologia para enfrentar a concorrência

Newsletter Jornal do Carro

Complete seu cadastro para receber as últimas notícias do Jornal do Carro diretamente no seu e-mail.

Campo obrigatório
Tudo certo!

Seu cadastro foi enviado. Em breve você receberá as últimas notícias do Jornal do Carro diretamente no seu e-mail.