Você está lendo...
Porsche 935 'moderno' surge com base do 911 GT2 RS
Notícias

Porsche 935 'moderno' surge com base do 911 GT2 RS

935 "Moby Dick" volta à vida em versão moderna de 700 cv e baseada no 911 GT2 RS em festival de Porsches de corrida

Redação

28 de set, 2018 · 3 minutos de leitura.

porsche 935
Porsche 935 "Moby Dick" no Rennsport Reunion. CRÉDITO: PORSCHE/DIVULGAÇÃO
Crédito:

A Porsche aproveitou a Rennsport Reunion, evento de antigos de corrida da marca em Laguna Seca, nos Estados Unidos, para mostrar o Porsche 935 moderno. O modelo de corrida ficou mais conhecido por seu apelido, "Moby Dick". Ele surgiu graças a traseira longa da versão dos anos 1970.

Seu equivalente moderno renasce usando como base o 911 GT2 RS, o Porsche mais potente da atual gama. Com carroceria de fibra de carbono, o carro de corrida tem 1.379 kg e visual claramente inspirado no original.

Os espelhos retrovisores foram inspirados pelos do 911 RSR - versão de corrida com motor central -, o escapamento é uma revisitação do sistema do 908. Por dentro, na cabine, um acabamento em madeira remete ao 911 GT3 R.


+ Porsche 959 batido sai por US$ 500 mil em leilão
+ Curta o canal do Jornal do Carro no YouTube

Estilo antigo, potência nova

O coração é o seis cilindros boxer, biturbo, de 3,8 litros que rende 700 cv originalmente utilizado no 911 GT2 RS. A transmissão também é a mesma: dupla embreagem com sete velocidades. A eletrônica recebeu melhorias, como controle de estabilidade, telemetria de pista e ar-condicionado, claro isso comparado com o original.

Como já esperava, ele será destinado apenas as pistas, como o 935 "Moby Dick" original. Ele traz apenas o banco de corrida para o piloto, mas pode ser oferecido com um banco de passageiro como opcional. No visual, o Porsche 935 traz a pintura branca com faixa azul e vermelha clássica dando a volta no capô com o logo da Martini no centro. As rodas trazem a cor vermelha também.


Serão apenas 77 unidades produzidas para serem divididas entre todos os mercados da Porsche no mundo. Na Europa, o modelo custará cerca de 700 mil euros. Algo em torno de R$ 3.300.000 em conversão direta.


Deixe sua opinião