Notícias

Projeto Titan, o carro da Apple, segue vivo e pode estrear em 2024

Fontes ligadas à marca da maçã revelaram à agência Reuters que o projeto do carro da Apple continua e terá tecnologia de bateria inédita

Diogo de Oliveira, Especial para o Estado

25 de dez, 2020 · 5 minutos de leitura.

" >
Carro da Apple segue em desenvolvimento e pode ser lançado em 2024
Crédito:Apple/Divulgação

A Apple está avançando na tecnologia dos carros autônomos, revelaram fontes ligadas à marca da maçã à agência de notícias Reuters. Segundo os relatos, a fabricante do iPhone tem como meta lançar seu próprio veículo em 2024. Bem como uma revolucionária bateria.

Em 2014, a Apple anunciou que estava projetando o seu carro. Em suma, um veículo elétrico e autônomo, desenhado e produzido pela marca da maçã. E com nível 5 de condução autônoma, o que significa dizer que o modelo é capaz de acelerar, frear e fazer curvas sem intervenção humana.

O projeto da Apple, naturalmente, gerou expectativas na indústria e nos próprios consumidores, que já começavam a vislumbrar o carro da marca da maçã. Entretanto, o Projeto Titan, como é chamado, perdeu força em 2019, após a empresa cortar 190 pessoas do departamento.

Design das baterias é ponto-chave

Mas ao contrário do que se pensava, a gigante de tecnologia nunca abandonou o Projeto Titan. É o que garantem duas fontes ligadas à Apple, que pediram para não serem identificadas. Elas dizem que o ponto central são as novas baterias menores, mas baratas e de longo alcance.

Uma das fontes viu a bateria do carro da Apple e reportou que a empresa vai apresentar um novo conceito de design que permitirá reduzir ?radicalmente? os custos de produção. Assim como vai entregar uma autonomia superior à que temos atualmente nos carros elétricos.

“É o próximo nível”, disse a fonte sobre a tecnologia de bateria da Apple. “Como da primeira vez que você viu o iPhone”.

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se

Sensor do iPhone vai guiar o veículo

Outro detalhe revelado aponta para a condução autônoma do carro da Apple. Segundo relatos, o modelo utilizará o scanner lançado no iPhone 12 Pro, que é capaz de medir objetos e pessoas pela câmera. O sistema é chamado de LiDAR, uma sigla de Light Detection and Ranging.

Por meio deste sensor, o veículo da marca da maçã será capaz, então, de medir as vias por onde trafega e criar um mapa tridimensional do percurso, tornando o sistema ainda mais seguro.

Fabricação própria ainda é entrave

Logo que começou o projeto do carro, a Apple viu que os desafios seriam grandes. A produção dos carros é um processo complexo, que exige cadeia de fornecedores e muitas outras coisas. É também custoso.

Desse modo, ainda não está definido se a própria Apple vai produzir os carros, ou se os fabricará em parceria com alguma montadora. A concorrente Waymo, da Alphabet, a dona do Google, trabalha atualmente na tecnologia de condução autônoma, e não em um automóvel.

Assim, ficam algumas dúvidas quanto ao futuro do carro da Apple. Entretanto, uma das fontes, que trabalhou no Projeto Titan, garante que não será por falta de recursos. “Se existe uma empresa no planeta que tem recursos para fazer isso, provavelmente é a Apple. Mas, ao mesmo tempo, não é um telefone celular”, disse.


Continua depois do anúncio