Tesla Model Y carros mais vendidos do mundo
Tesla/Divulgação

Ranking: veja os 50 carros mais vendidos do mundo em 2023

Tesla Model Y faz história ao ser o primeiro elétrico mais vendido do mundo; confira quais carros foram destaque no ano passado

Por Thais Villaça 17 de jun, 2024 · 7m de leitura.

Pela primeira vez na história, um representante dos carros elétricos ocupa o topo do ranking de vendas mundial. Assim, com 1,223 milhão de unidades, o Tesla Model Y roubou a coroa do Toyota Corolla, que liderou os emplacamentos globais no ano passado – e em muitos outros anos antes disso. O SUV elétrico cresceu 64% de 2022 para 2023, enquanto o sedã japonês caiu 19% no período e amargou uma quarta colocação.

De acordo com levantamento da Jato Dynamics feito em 151 países, cerca de 78.320.000 novos carros de passeio ganharam as ruas no último ano, um crescimento de 10% sobre 2022 – ou aproximadamente 7 milhões de unidades.

Toyota Corolla
Vagner Aquino/Especial para o Estadão

“O crescimento visto em 2023 foi notável, especialmente considerando as tensões geopolíticas entre China e EUA, a instabilidade geradas pelos conflitos na Europa, as altas taxas de juros na maior parte de mundo ocidental e os altos preços dos veículos”, afirma Felipe Munoz, analista sênior da Jato Dynamics.

BYD Yuan Plus
BYD/Divulgação

Carros que se destacaram

Nesse sentido, ao contrário do que se poderia imaginar, os resultados positivos do ano passado não vieram da China. Apesar de o país asiático ter crescido 6% quando comparado a 2022, os mercados de EUA e Canadá, bem como Japão e Coreia registraram aumento de 12% no período. Entretanto, a região que mais cresceu foi a Europa, com 16%, graças aos incentivos dos governos locais para carros elétricos. Até a América Latina, por exemplo, teve um aumento na demanda maior que a chinesa, com crescimento de 9% no ano passado.


Contudo, o BYD Yuan Plus (ou Atto 3 em alguns mercados)  – que também é vendido no Brasil – se destacou no ranking dos mais vendidos. Desse modo, o SUV elétrico chinês registrou crescimento de 119% sobre 2022 e alcançou a 23a colocação. Outros destaques, todavia, foram o Nissan X-Trail (13o colocado), com aumento de 80% sobre o ano anterior, e o Volkswagen Polo hatch (segundo modelo mais emplacado do Brasil em maio), com 56% de crescimento, na 20a posição.

Polo
Volkswagen/Divulgação

Quase metade das vendas são de SUVs

Além disso, com 36,7 milhões de unidades comercializadas no ano passado, os SUVs registraram recorde de vendas e o maior market share na história. Por fim, entre 2022 e 2023, o crescimento foi de 16%, atingindo quase 47% das vendas globais de carros de passeio.


De acordo com Munoz, essa não é mais uma nova tendência. “As fabricantes de SUVs têm sido proativas na evolução de seus modelos nos últimos anos, garantindo a oferta de versatilidade e designs atraentes”, diz o executivo.

Assim, o crescimento foi puxado pelo sucesso da Tesla no segmento de utilitários esportivos, com 62% de aumento. A demanda crescente na Europa, na Índia, no Oriente Médio e na Eurásia, contudo, também ajudou nesse índice. Mas China, EUA e Canadá continuam como os maiores mercados de SUVs do mundo, representando 54% do total.

Toyota RAV4
Toyota/Divulgação

Confira quais foram os 50 carros mais vendidos do mundo em 2023:

  • 1 – Tesla Model Y – 1.223.000
  • 2 – Toyota RAV4 – 1.075.000
  • 3 – Honda CR-V – 846.000
  • 4 – Toyota Corolla Sedan – 803.000
  • 5 – Toyota Corolla Cross – 716.000
  • 6 – Toyota Camry – 651.000
  • 7 – Ford F-150 – 624.000
  • 8 – Toyota Hilux – 605.000
  • 9 – Nissan Sentra – 534.000
  • 10 – Tesla Model 3 – 509.000
  • 11 – Honda Civic Sedan – 479.000
  • 12 – BYD Qin – 474.000
  • 13 – Nissan X-Trail – 462.000
  • 14 – Honda Accord – 451.000
  • 15 – Hyundai Tucson EWB – 423.000
  • 16 – Chevrolet Silverado 1500 – 412.000
  • 17 – Hyundai Elantra – 399.000
  • 18 – Ram 1500 – 374.000
  • 19 – BYD Song Plus – 370.000
  • 20 – Volkswagen Polo HB – 364.000
  • 21 – Volkswagen Jetta – 362.000
  • 22 – Mazda CX-5 – 357.000
  • 23 – BYD Yuan Plus – 356.000
  • 24 – Suzuki Swift – 354.000
  • 25 – Honda HR-V – 336.000
  • 26 – Toyota Highlander – 334.000
  • 27 – Ford Ranger – 333.000
  • 28 – Kia Seltos – 332.000
  • 29 – Ford Escape – 331.000
  • 30 – Nissan Qashqai – 315.000
  • 31 – Kia Sportage EWB – 314.000
  • 32 – Volkswagen Lavida – 310.000
  • 33 – Volkswagen Tiguan Allspace – 309.000
  • 34 – BYD Dolphin – 309.000
  • 35 – Volkswagen T-Roc – 308.000
  • 36 – Dacia/Renault Sandero – 307.000
  • 37 – Toyota Yaris Cross – 305.000
  • 38 – Peugeot 208 – 299.000
  • 39 – Renault Clio – 294.000
  • 40 – Hyundai Creta – 293.000
  • 41 – Volkswagen T-Cross – 289.000
  • 42 – Toyota Yaris Sedan – 285.000
  • 43 – Isuzu D-Max – 281.000
  • 44 – Haval H6 – 280.000
  • 45 – BMW X3 – 279.000
  • 46 – Audi Q5 – 266.000
  • 47 – Toyota Yaris – 266.000
  • 48 – Hyundai Kona – 264.000
  • 49 – Saipa Tiba – 262.000
  • 50 – Toyota Tacoma – 259.000

Fonte: Jato Dynamics

Jornal do Carro está no Instagram!

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se
Corolla 2024: sedã híbrido flex evolui com novos equipamentos

Newsletter Jornal do Carro

Complete seu cadastro para receber as últimas notícias do Jornal do Carro diretamente no seu e-mail.

Campo obrigatório
Tudo certo!

Seu cadastro foi enviado. Em breve você receberá as últimas notícias do Jornal do Carro diretamente no seu e-mail.