Você está lendo...
Renault apresenta novo conceito Morphoz
Notícias

Renault apresenta novo conceito Morphoz

O Morphoz é 100% elétrico e traz conectividade, tecnologia e maior autonomia

Redação

17 de mar, 2020 · 5 minutos de leitura.

morphoz
Conceito tem visual chamativo e 4,4 metros de comprimento
Crédito:Renault/Divulgação
morphoz

A Renault revelou o Morphoz, o seu novo carro conceito. Crossover 100% elétrico e recarregável por indução, modelo tem duas versões. A City, curta, é ideal para o dia-a-dia, e a Travel, longa é voltada para encarar viagens longas.

INSCREVA-SE NO CANAL DO JORNAL DO CARRO NO YOUTUBE

O Morphoz City tem 4,4 metros de comprimento e 2,74 m entre-eixos. As baterias embarcadas da versão somam 40 kWh. O visual do carro ainda traz um capô curto, para-choques esculpidos e iluminação adicional em LED.


Já a versão Travel do Morphoz é bem maior: 4,8 m de comprimento e 2,93 m entre-eixos. Com dimensões maiores, há mais espaço para baterias adicionais. Desta forma, o Travel ganha 50 kWh, somando uma capacidade total de 90 kWh.

O motor do Morphoz entrega 136 cavalos de potência na versão City e 217 cv no Travel. O motor elétrico é menos volumoso do que um tradicional térmico. Assim, é possível deslocar o painel de bordo e aumentar o espaço para os passageiros dentro do carro.

Diretor de Design Industrial do Grupo Renault, Laurens van den Acker diz que o conceito MORPHOZ é ?audacioso pela modularidade, inovador em termos de design, centrado no ser humano pela capacidade de facilitar o compartilhamento e as interações?.


O carro conceito ?prefigura? os ?próximos veículos elétricos de alta performance? da montadora francesa, é o que esclarece Gilles Normand, diretor da Divisão de Veículos Elétricos e Serviços de Mobilidade do Grupo Renault.

Morphoz tem nova plataforma

O veículo elétrico futurista foi criado em uma nova plataforma modular 100% elétrica, a CMF-EV. Ela permite o desenvolvimento de um carro com menor distância do solo e teto mais baixo, o que proporciona um ganho em aerodinâmica e habitabilidade.


Em termos de autonomia, a bateria 40 kWh (versão City) proporciona 400 km de rodagem. Segundo a Renault, este nível de autonomia já é o suficiente para atender a 90% das necessidades dos usuários. Porém, para dar conta dos outros 10%, a montadora oferece um módulo adicional de baterias: o Travel Extender, na qual o carro se transforma na versão Travel do MORPHOZ. Neste caso, o veículo passaria a ter 700 km de autonomia.

O volante do carro também é futurista, com uma tela de 10,2?? ao centro que traz informações de condução e segurança. O painel de bordo, atrás do volante, tem uma tela multimídia.

Por dentro, o Morphoz proporciona maior interação entre os passageiros. É possível ativar um modo de ?compartilhamento?, no qual os passageiros ficam frente a frente. Para realizar essa operação, o banco dianteiro do acompanhante gira para trás. Na versão Travel, ainda é possível deslizar os bancos traseiros para trás.


A autonomia é outro elemento futurista dentro do Morphoz. O novo carro conceito da Renault conta com uma condução autônoma de nível 3, ou seja, ?eyes off, hands off?, um modo que permite ao condutor soltar as mãos do volante e delegar a condução ao veículo. Porém, o ato só pode acontecer em momentos específicos, nas faixas de rodagem permitidas, em autoestradas ou congestionamentos em via expressa.

Deixe sua opinião