Você está lendo...
Série 3 é feito para todos os paladares
Notícias

Série 3 é feito para todos os paladares

BMW é o eleito entre os sedãs médios acima de R$ 80 mil. A variedade contribuiu para a vitória do modelo

27 de ago, 2014 · 4 minutos de leitura.

 Série 3 é feito para todos os paladares


BMW Série 3 é o eleito entre os sedãs médios acima de R$ 80 mil

Nesta ?festa? de sedãs mais luxuosos, fica difícil discutir com o BMW Série 3. Além de ser extremamente eficiente como produto desde a sua configuração mais básica, 116i, mesmo com um motor não tão potente assim, um 1.6 turbinado de 136 cv, o três-volumes é ainda o único do segmento a contar com tecnologia flexível e híbrida Além disso, a 335i de 306 cv, é capaz de fazer o motorista esquecer que existe um M3.


Com uma dirigibilidade impecável, que ostenta suspensão equilibrada, com vários ajustes, e uma direção bem direta, o Série 3 também agrada pela capacidade que tem de abrigar com o conforto devido os sortudos que se acomodam em suas instalações bávaras.

A posição de dirigir é ótima, com o volante bem centralizado, e o espaço para as pernas do motorista e passageiros de trás é abundante. O novo Mercedes Classe C, com sua repaginada para ficar mais luxuoso e maior, é o único que se aproximaria do reinado do Série 3, mas fica para trás quando o assunto é preço - o BMW custa a partir de R$ 116.950 e o rival sai por iniciais R$ 138.900 - e opções de motorizações. O etanol é uma bela carta na manga da fabricante nesse sentido.

O Audi A4, datado de 2013, ficou para trás e somente sua nova geração poderá tentar tirar o atraso. E o Volvo S60 é até um belo produto, mas só anima na versão mais cara, a T6.


PRÓS:

Variedade

Tem Série 3 flexível, híbrido, com motor potente, com 1.6. Tudo para agradar os mais diversos compradores.


CONTRAS:

Acabamento

Há materiais de qualidade na composição, mas interior é menos moderno do que deveria para este segmento.



Deixe sua opinião