Você está lendo...
Smart pode sobreviver com novo SUV e apoio da Geely
Notícias

Smart pode sobreviver com novo SUV e apoio da Geely

Fabricante terá primeiro SUV de sua história com produção na China. Novo carro poderá ser salvação da Smart

Redação

15 de mai, 2020 · 3 minutos de leitura.

smart
ForTwo também terá nova geração
Crédito:Smart/Divulgação
smart

A Smart parece finalmente ver uma luz no fim do túnel depois de tempos sem futuro definido. E a saída da marca deverá finalmente produzir um SUV compacto elétrico. Isso será possível com o apoio da chinesa Geely, que comprou 50% da marca. A outra metade da empresa continua nas mãos da Daimler.

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se

Além do novo SUV, uma nova geração dos ForTwo e Fourfor também deverá ser revelada possivelmente ainda em 2020. No entanto, ainda não há qualquer informação técnica sobre os novos modelos. As informações são da revista inglesa Autocar.


A plataforma deverá ser a mesma dos novos Smart e o SUV muito provavelmente será feito na China, em instalações da Geely. De lá, o modelo será exportado para diversos mercados. O SUV da Smart vem sendo especulado desde 2015, quando as atuais gerações de ForTwo e ForFour foram lançadas.

Atualmente os ForTwo e ForFour são produzidos em parceria com a Renault-Nissan. O modelo de quatro lugares é muito semelhante ao Renault Twingo, com direito a motor e tração traseiros. O ForTwo usa uma versão encurtada da mesma plataforma.

Smart anda 'mal das pernas'

A "mãozinha" da Geely pode ser a salvação para a marca, que nunca foi lucrativa para a Mercedes-Benz, mesmo com as mudanças mais recentes. A marca saiu do Brasil em 2014 com o fim da produção da terceira geração do ForTwo. O modelo deixou de ser vendido aqui e desde então a Mercedes promete o retorno da fabricante. A Smart também deixou o mercado americano em 2019, mesmo após passar a vender apenas as versões elétricas de seus carros.


A fabricante também vem enfrentando sérios problemas durante a pandemia causada pelo novo coronavírus. Na Europa, as vendas encolheram mais de 80% durante os meses de março e abril. Todas as marcas perderam muito, mas a Smart está entre as em pior situação.