Spin chega à linha 2020 com nova versão

Versão de topo LTZ passa a se chamar Premier, mesmo nome usado nos Tracker e Equinox de topo. Preços partem de R$ 68.790

spin
Nova Spin Premier não tem mudanças em relação à LTZ Crédito: Foto: Chevrolet/Divulgação

A Chevrolet revelou a linha 2020 da Spin com novidades na versão de topo. A LTZ agora adota a nomenclatura Premier, a mesma usada nas variantes mais caras de Tracker e Equinox. A mudança, segundo a marca, representa uma demanda crescente pelas versões mais caras do monovolume. A gama começa em R$ 68.790 para a versão LS. A nova Premier custa R$ 84.390.

INSCREVA-SE NO CANAL DO JORNAL DO CARRO NO YOUTUBE

A Spin Premier não tem mudanças em relação à antiga LTZ. O modelo se diferencia das demais versões com apliques cromados na grade dianteira e no friso traseiro. As rodas de 16 polegadas também são as mesmas da LTZ e exclusivas da versão de topo. Na traseira, um pequeno emblema identifica a versão.

Por dentro, o estofamento é de couro marrom, cor que também está na parte alta do painel. A versão também tem sete lugares e a fileira do meio é deslizante. O modelo traz ainda um aviso para ocupantes no banco traseiro.

spin

Spin traz itens básicos

Há ainda ar-condicionado, trio elétrico e central multimídia com câmera de ré e suporte a Android Auto e CarPlay. A versão Premier tem também o sistema OnStar de monitoramento remoto do veículo. Sensores de luz e chuva também são de série. Não foi dessa vez, no entanto, que a Spin ganhou mais itens de segurança como ESP e air bags laterais e de cortina.

O motor é o conhecido 1.8 flexível de 111 cv e 17,7 mkgf. A Spin pode ser equipada ainda com transmissão manual ou automática, ambas de seis marchas. A nova Premier é sempre automática.

spin

Ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais


Notícias relacionadas