11/05/2015 - 5 minutos de leitura.

Spin e Idea fazem disputa de ‘aventureiros’

Familiares com motor 1.8 se encaram em comparativo de versões com roupagem aventureira

Carro

Vai comprar um 0km? Nós te ajudamos a escolher.


A diferença de preço entre os modelos é de R$ 5.640 a favor do Idea Adventure

Carros familiares oferecem espaço e funcionalidade, às vezes abdicando de um visual mais moderno, principalmente no caso de monovolumes. Tabelados a R$ 67.250 e R$ 61.610, respectivamente, Chevrolet Spin Activ e Fiat Idea Adventure procuram fugir desse estigma apelando ao estilo aventureiro.

Por ter preço e seguro mais em conta, além de motor mais potente, o Idea venceu o comparativo com Spin, que, por sua vez, sobressai em aspectos importantes, como espaço interno. Os dois trazem de série direção hidráulica, ar-condicionado, vidros e travas elétricos, computador de bordo, rack de teto, estepe fixado na parte externa da tampa do porta-malas e muitos porta-objetos. A mais, o Spin tem central multimídia, que no concorrente não é oferecida nem como opcional.

Ambos têm motores 1.8 flexíveis. O do Fiat gera até 132 cv e o do Spin, até 108 cv. Com o carro cheio, a vantagem do Idea em arrancadas e retomadas é notória. Além de ser mais potente, seu quatro-cilindros entrega 1,8 mkgf de torque a mais. O câmbio do Spin é justo, tem engates curtos e leva vantagem ante o do Idea, cuja alavanca é bem mole, algo que acaba incomodando o motorista.

Na cabine, os dois têm peças bem encaixadas, mas os materiais de acabamento do Fiat aparentam maior qualidade. O espaço interno de ambos é bom. No Chevrolet, os ocupantes do banco traseiro viajam com mais conforto para os joelhos. Nenhum dos dois carros acomoda bem cinco adultos.

A posição de guiar no Fiat é mais alta, mesmo com o banco no ajuste mais próximo ao assoalho. O Spin é melhor para motoristas altos. A suspensão elevada do Idea é mole e a carroceria rola muito em curvas. A do Spin transfere mais aos ocupantes os impactos contra pisos irregulares. Com quase o dobro de espaço de porta-malas, o Spin tem sistema mais prático de abertura do suporte de estepe.

O visual exagerado e parrudo do Fiat – por dentro e por fora – é mais condizente com a proposta de aventura que o estilo sóbrio do carro da Chevrolet.

Opinião. Não sou o típico consumidor de carros familiares, mas sei que espaço é bem importante para esse público. Embora o Spin tenha 13 cm a mais no comprimento e 11 na distância entre os eixos, além de central multimídia de série, os quase R$ 6 mil de diferença na tabela não se justificam. Até porque o Fiat também tem seus méritos, como o acabamento interno de qualidade superior. Os materiais utilizados na cabine do Chevrolet aparentam ser pobres.

Além disso, seu defasado motor – uma evolução do que era usado no Monza – não oferece o desempenho esperado para um carro familiar, que frequentemente viajará carregado. No apelo aventureiro, mote dessa dupla, o Idea também se destaca (tem até clinômetro no painel). Equilibrada, essa briga foi definida pela tabela de preços.

Notícias relacionadas


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais


OFERTA EXCLUSIVA

Chevrolet Onix Plus LTZ 1.0 Turbo Automatico