Notícias

Startup chinesa NIO passa a GM e se torna a 4ª montadora mais valiosa do mundo

Agora, montadora passa a valer US$ 56 bi, US$ 3 bi a mais que a GM. NIO fica atrás de Tesla, Toyota e Volkswagen

Emily Nery

26 de nov, 2020 · 5 minutos de leitura.

Fabricante chinesa NIO" >
Fabricante chinesa NIO
Crédito:Divulgação/NIO

O nome NIO ainda pode soar estranho, mas daqui para frente você ainda vai escutá-lo mais frequentemente. Acontece que a fabricante chinesa de carros elétricos conseguiu três grandes conquistas em apenas dois dias. No dia 2 de novembro, ela passou a valer mais do que a BMW. No dia seguinte, suas ações subiram em 11% e de quebra, a montadora passou a valer mais do que a gigante norte-americana General Motors.

O que essa empresa tem de tão especial? Bom, ela tem muito potencial para ser a principal dor de cabeça de Elon Musk daqui para frente.

Devido ao anúncio da empresa, de ter vendido mais de 5 mil carros no mês, a capitalização de mercado chegou a US$ 56 bilhões no começo de novembro, ante a US$ 53 bilhões da GM. Isso é, uma empresa que oferta 3 modelos e vendeu cerca de 63 mil unidades contra outra que reúne 4 montadoras e emplacou quase 3 milhões de veículos em 2019. O que não faria muio sentido.

Mas com essa mudança, a NIO se tornou a quarta montadora mais valiosa do mundo, e só fica atrás de Tesla, Toyota e Volkswagen.

Mercado vê fabricantes de elétricos como promissoras

Como tudo no mercado financeiro gira em torno de especulações, essa é a principal causa do crescimento da NIO. Os investidores enxergaram a longo prazo um grande potencial em uma empresa que produz veículos de luxo elétricos. Algo semelhante ocorreu com a Tesla, que chegou a valorizar mais de 400% neste ano. Antes do escândalo envolvendo suspeitas de fraude, a Nikola Motors também conseguiu ultrapassar a Ford, contudo somente por alguns dias.

Entretanto, só o tempo mostrará se a NIO irá se estabilizar de forma concreta na bolsa, ou se isso é apenas resultado da bolha especulativa em cima da montadora de veículos elétricos. Caso a segunda opção esteja correta, podemos esperar em um futuro próximo uma grande queda das ações.

Fabricante aposta em SUVs elétricos

NIO ES6
NIO ES6 - Divulgação/NIO

Atualmente, a montadora conta com 3 produtos em sua gama. O EC6 é um crossover cupê que contém dois motores elétricos que produzem uma potência combinada de 536 cv e garante autonomia de 615 km. Já o ES8 é um SUV de 7 lugares com cara de RAV4, embora seu maior rival seja o Tesla Model X.

O grandalhão dois motores elétricos que produzem até 536 cv e registra autonomia de 580 km. Com linhas que remetem ao novo Peugeot 3008, o ES6 é um SUV médio que roda ate 610 km sem necessidade de carregamento e assim como seus irmãos, é equipado por duas baterias elétricas.  

ES8
NIO ES8 - Divulgação/NIO

No início deste mês, o CEO da NIO confirmou o desenvolvimento de uma bateria com capacidade de 150 kWh, que deve permitir uma autonomia de 900 km. Além disso, há planos para exportar o ES6 e ES8 para a Europa em cerca de dois anos.

Vale lembrar que o supercarro NIO EP9 bateu o recorde de volta mais rápida em Nürburgring e desbancou o Lamborghini Huracan Performante. Ele adota quatro motores elétrico que geram até 1.342 cv de potência.