Você está lendo...
Strada, Polo, Onix e mais: os 50 carros mais vendidos de outubro
Mercado

Strada, Polo, Onix e mais: os 50 carros mais vendidos de outubro

Mais vendidos de outubro tem Strada como líder e a dupla de hatches Polo e Onix no pódio; Mobi ultrapassa HB20 e SUV mais emplacado é o T-Cross

Vagner Aquino, especial para o Estadão

02 de nov, 2023 · 6 minutos de leitura.

Publicidade

vendas
Fiat Strada mantém liderança e pódio fecha com Polo e Onix
Crédito:Fiat/Divulgação

Ao contrário do que sinalizava a parcial do mês, o Hyundai HB20 não ficou no pódio dos automóveis e comerciais leves mais vendidos do mês de outubro. Conforme noticiou o Jornal do Carro, em meados do mês passado, o hatch se posicionava acima de Chevrolet Onix e Volkswagen Polo, entretanto, no fechamento do período, o exemplar da marca sul-coreana perdeu até para o Fiat Mobi. E essa não é a única reviravolta.



O pódio composto por Strada, Polo e Onix se manteve exatamente igual ao de setembro. Entretanto, as surpresas começam já no quarto lugar do ranking. O Fiat Mobi deixou a sétima posição e alavancou para o quarto lugar, fazendo o HB20 descer para a quinta posição da lista. Consequentemente, o Chevrolet Onix Plus passou a ocupar a sexta posição.

O Chevrolet Tracker, todavia, que caiu da sexta para a oitava posição na comparação entre setembro e outubro, cedeu o posto de SUV mais vendido do mercado para o Volkswagen T-Cross (sétimo do ranking). O VW, em síntese, ocupou a nona posição no mês de setembro.

Publicidade


mais vendidos
T-Cross, o SUV mais vendido (Volkswagen/Divulgação)

Por fim, o Renault Kwid - que divide o posto de carro zero-km mais barato do Brasil com o Fiat Mobi (R$ 69.990) - subiu para a nona posição do ranking dos mais vendidos e ficou acima do Nissan Kicks, que havia fechado setembro em 14º.

No segmento de picapes Rampage é destaque

A VW Saveiro, bem como no último fechamento, continua à frente da Fiat Toro. Assim, a diferença de uma para outra ficou em apenas 127 unidades. Dessa forma, as picapes ficaram em, respetivamente, 16º e 18º lugar do ranking geral. Mas o que, de fato, surpreendeu foi a RAM Rampage. A picape, que no fechamento de setembro sequer vendeu 400 unidades, no mês passado, por fim, teve 2.542 registros.


RAM Rampage
Rampage saltou de 376 para 2.542 emplacamentos de setembro para outubro (RAM/Divulgação)

Eletrificação em alta

O BYD Dolphin provou que, de fato, é um fenômeno de vendas no mercado brasileiro. O hatch elétrico que chegou em junho surpreendendo público e crítica com preço de subcompacto (R$ 149.800), mais uma vez, no entanto, superou as 1.000 unidades em apenas um mês.

O hatch elétrico, a princípio, aparece colado no GWM Haval H6. O SUV híbrido, que aparece na 41ª posição do ranking dos mais vendidos, contudo, emplacou 1.450 exemplares. Ou seja, os eletrificados (some aí o BYD Song Plus e Volvo XC60) têm caído cada vez mais no gosto do brasileiro que, assim, têm deixado de lado modelos tradicionais, como Volkswagen Jetta e os Nissan Versa e Sentra, por exemplo - todos, abaixo de 1.000 unidades.


mais vendidos
Dolphin já superou as 1.300 unidades/mês (Vagner Aquino/Especial para o Estadão)

O mercado

De acordo com os números da Fenabrave, o mês de outubro vendeu 206.669 automóveis e comerciais leves. Isso é, a princípio, 10,26% a mais que os emplacamentos de setembro - que havia registrado 187.430 unidades. E os números, em síntese, são ainda melhores na comparação do acumulado do ano. O décimo mês de 2023 vendeu 22,7% a mais que o mesmo período do ano passado, que, por fim, havia 168.452 registros. Seja como for, a Fiat permaneceu líder das marcas e detém mais de 21% de todo o mercado, com 44.456 exemplares.

Ranking dos 50 carros mais vendidos em outubro/2023:

  • 1°) Fiat Strada: 11.874
  • 2°) Volkswagen Polo: 11.123
  • 3°) Chevrolet Onix: 10.657
  • 4°) Fiat Mobi: 8.037
  • 5°) Hyundai HB20: 7.421
  • 6°) Chevrolet Onix Plus: 7.114
  • 7°) Volkswagen T-Cross: 6.724
  • 8°) Chevrolet Tracker: 6.669
  • 9°) Renault Kwid: 6.394
  • 10°) Nissan Kicks: 6.115
  • 11°) Hyundai Creta: 5.354
  • 12º) Fiat Argo: 5.257
  • 13°) Volkswagen Nivus: 4.957
  • 14°) Fiat Cronos: 4.929
  • 15°) Jeep Compass: 4.640
  • 16°) Volkswagen Saveiro: 4.214
  • 17°) Fiat Pulse: 4.157
  • 18°) Fiat Toro: 4.415
  • 19°) Honda HR-V: 4.087
  • 20°) Toyota Corolla: 3.996
  • 21°) Toyota Corolla Cross: 3.682
  • 22°) Fiat Fastback: 3.640
  • 23°) Hyundai HB20S: 3.670
  • 24°) Jeep Renegade: 3.442
  • 25°) Chevrolet Montana: 3.249
  • 26°) Volkswagen Virtus: 2.924
  • 27°) Renault Duster: 2.891
  • 28°) Peugeot 208: 2.832
  • 29°) Citroën C3: 2.714
  • 30°) Ford Ranger: 2.591
  • 31°) RAM Rampage: 2.542
  • 32°) Caoa Chery Tiggo 5X: 2.483
  • 33°) Toyota Yaris Sedan: 2.426
  • 34°) Chervolet Spin: 2.051
  • 35°) Fiat Fiorino: 2.051
  • 36°) Chevrolet S10: 2.037
  • 37°) Volkswagen Taos: 1.865
  • 38°) Toyota Yaris: 1.862
  • 39°) Jeep Commander: 1.577
  • 40°) Toyota SW4: 1.548
  • 41°) GWM Haval H6: 1.450
  • 42°) BYD Dolphin: 1.366
  • 43°) Mitsubishi L200: 1.206
  • 44°) BYD Song Plus: 1.100
  • 45°) Renault Oroch: 991
  • 46°) Renault Master: 980
  • 47°) Nissan Versa: 767
  • 48°) Honda City: 751
  • 49°) Volkswagen Amarok: 735
  • 50°) Honda City Hatch: 684

Siga o Jornal do Carro no Instagram!


O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se
Deixe sua opinião