Notícias

SUV Lexus NX é primeiro híbrido recarregável em tomadas da marca de luxo da Toyota

Segunda geração do SUV Lexus NX tem versão híbrida que roda até 58 km no modo elétrico e pode ser recarregada na tomada de casa

Emily Nery, Especial para o Jornal do Carro

14 de jun, 2021 · 7 minutos de leitura.

Lexus NX 2022" >
Lexus NX 2022
Crédito:Divulgação/Lexus

Depois da eletrificação de toda a gama no Brasil, a Lexus apresenta a versão híbrida do tipo plug-in para a nova geração do NX. Construído sob a plataforma GA-K, uma variante da arquitetura TNGA da Toyota, o crossover oferece múltiplos trens de força, adota tela multimídia de 14” conectada, e ainda roda até 58 km em modo puramente elétrico.

Ostentando linhas mais modernas e dinâmicas, o SUV herda o design do utilitário menor UX (que já ganhou uma versão 100% elétrica), mas sem perder suas características visuais. Ou seja, a grade em forma de ampulheta foi mantida, mas o desenho interno é semelhante ao do irmão menor. Além disso, a montadora troca os faróis, lanternas e os para-choques.

Nesse sentido, as DRLs, que antes ficavam abaixo dos faróis, agora fazem parte do desenho interno do conjunto, deixando o visual da dianteira mais limpo e elegante. Na contramão, o para-choque cresceu e abarcou os faróis de neblina, formando uma grande moldura na cor preta.



Na traseira, o SUV parece mais musculoso. Um dos motivos está nas novas lanternas que se unem por uma barra de LED, atravessam a tampa do porta-malas e formam um só elemento. Abaixo, a marca dispensa o emblema e utiliza seu nome em letras garrafais. Já o para-choques está maior e dispõe de novo formato que faz a traseira parecer mais alta.

Entretanto, de fato, o carro realmente cresceu nesta nova geração. O NX ganhou 2 centímetros de comprimento (4,66 m), 0,5 cm na altura (1,65 m), 3 cm no entre-eixos (2,69 m) e 2 cm de largura (1,86 m).

Lexus NX 2022
Divulgação/Lexus

Interior

Por dentro, o cockpit cheio de botões com uma tela de oito polegadas na parte superior se aposentou. Entra no lugar a nova central multimídia (opcional) de 14 polegadas com conexão sem fio com Android Auto e Apple CarPlay. Contudo, a tela que vem de série tem 9,8 polegadas.

Mas ela acompanha um assistente virtual com comandos de voz, fornece informações de trânsito em tempo real e dispõe de interface inteligente.


 NX 2022
Divulgação/Lexus

Seguindo a tendência das novas plataformas de conectividade, a atualização do software e dos mapas é feita “Over the air”. Assim, ela é ocorre remotamente sem a necessidade do motorista comparecer a uma concessionária da montadora ? o sistema faz o download.

Assim como o BMW Digital Key, o modelo da Lexus emprega uma chave digital para que tanto o motorista, como os ocupantes, possam travar e destravar o carro e até dar a partida no motor.

Lexus NX 2022
Divulgação/Lexus
Continua depois do anúncio

De série para as quatro versões há o pacote Lexus Safety System. Ele inclui frenagem automática de emergência, controle de velocidade adaptativo (ACC), sistema pré-colisão, leitor de placas de trânsito com Head-Up display, assistente de manutenção em faixa e farol alto adaptativo.

Além disso, as convencionais maçanetas dão lugar ao novo sistema de travas digital que permite abrir as portas apenas com um toque no botão.

 NX 2022
Maçaneta dá lugar a botões para abrir às portas Divulgação/Lexus

Motorização

O crossover oferece quatro motores e quatro opções de motorizações, dos quais três são novidades. A primeira, NX 250, utiliza o motor de quatro cilindros com 2.5 litros aspirado que gera até 203 cv e 25,4 mkgf.

Em segundo lugar, o NX 350 usa o novo motor 2.4 turbo a gasolina de até 275 cv e 43,8 mkgf de torque. Ambos trabalham associados a um câmbio automático de oito velocidades.

Por fim, as duas últimas motorizações utilizam como base o propulsor de 2.5 litros aspirado. O NX 350h adiciona dois motores elétricos e possui tração integral ou dianteira. Juntos, produzem até 239 cv de potência e a média de consumo fica em 15,3 km por litro.

 NX 2022
Divulgação/Lexus

A carta na manga da nova geração está na variante 450h+. A novata é híbrida plug-in e associa o motor a combustão a uma bateria elétrica. De acordo com a Lexus, ele consegue rodar até 58 km a 135 km/h utilizando somente o propulsor elétrico.

Embora a montadora não tenha revelado a potência máxima, estima-se que chegue aos 302 cv. Essa é a mesma propulsão utilizada pelo Toyota RAV4 Prime, híbrido do tipo plug-in.

Em uma tomada de 240V, o SUV leva de duas horas e meia a quatro horas para ser recarregado completamente. O que varia, portanto, é a capacidade do carregador integrado, que pode ser de 3,3 kWh ou 6,6 kWh.

A marca afirma que a nova geração do crossover começará a ser produzida a partir de julho e o preço será anunciado em breve.

Para o Brasil, o novo Lexus NX deverá chegar no início de 2022.

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se