Veja aqui quais serão os SUVs do Salão

Volkswagen T-Cross e SUV derivado da picape Fiat Toro são alguns dos destaques do Salão do Automóvel, que abre ao público na próxima quinta-feira

t-cross
Volkswagen T-Cross Crédito: Crédito: Volkswagen/Divulgação

Se os SUVs ainda são os modelos mais desejados do mercado, é claro que no Salão do Automóvel não poderiam faltar atrações para os fãs desse segmento. A mostra, que abre ao público no dia 8 de novembro, tem um pouco de tudo quando o assunto são utilitários, de grandes estreias a versões conceituais.

Um dos principais destaques da feira é o Volkswagen T-Cross. O modelo está sendo lançado ao mesmo tempo aqui, na Europa e na China. E chega às lojas brasileiras já no início do ano que vem.

Com dois motores turbo (1.0 de 128 cv e 1.4 de 150 cv, que já equipam, respectivamente, versões de Polo e Golf), o novato terá visual descolado, porta-malas para até 420 litros e um extenso pacote de equipamentos. A versão de topo contará com painel virtual, teto solar elétrico e central multimídia com tela de 8 polegadas e quatro portas USB.

Outro lançamento que estará no Salão é a segunda geração do BMW X4. Maior que a anterior (são 8,1 cm extras no comprimento e 5,4 cm extras entre os eixos), ela traz, na versão de topo, um motor 3.0 turbo de seis cilindros e 360 cv. De acordo com a montadora, o modelo é capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em 4,8 segundos. A transmissão é automática de oito marchas e a tração é integral.

Ainda no grupo dos lançamentos, a mostra terá uma versão híbrida do Mini Countryman. O conjunto mecânico, formado por um motor 1.5 turbo a gasolina e outro elétrico, gera 227 cv. Rodando apenas com eletricidade, o inglês pode chegar a até 125 km/h.

Na seara das reestilizações, vale destacar o Honda HR-V e o Jeep Renegade. Os dois modelos foram os pioneiros da “segunda grande onda de SUVs” que varreu o mercado. Na linha 2019, ambos receberam atualizações em faróis, grade dianteira, para-choques e central multimídia.

SUV da Toro

Mas o Salão também é palco para propostas conceituais variadas. Há desde aquelas que são meros exercícios de design até os protótipos que são estágios avançados do desenvolvimento de produtos prestes a ganhar as ruas.

A principal atração do estande da Fiat é um exemplo do segundo caso. Trata-se de um SUV com carroceria cupê derivado da picape Fiat Toro. Pelos teasers que a marca já revelou, a linha de cintura é alta e o caimento do teto é suave em direção à traseira, que tem jeitão esportivo.

Não dá para saber, ainda, se o porte desse SUV é comparável ao do Jeep Compass ou menor. Aliás, a Fiat já estuda há algum tempo a possibilidade de fazer um utilitário derivado da Toro, e hesita justamente por medo de canibalizar o produto da “irmã” Jeep.

Conceituais

Haverá, ainda, versões conceituais de dois dos SUVs mais bem-sucedidos do mercado: Nissan Kicks e Hyundai Creta.

O Kicks Rhythm traz um sistema de som desenvolvido especialmente para o modelo, capaz de transformar a cabine em uma sala de cinema. Há alto-falantes instalados nos encostos de cabeça dianteiros e nas colunas dianteiras, além de subwoofer no porta-malas.

A série especial, que não deve chegar às ruas, tem alguns retoques no visual. Partes do parachoque, grade, e maçanetas e soleiras de porta são pintadas num tom forte de azul. A carroceria é cinza. Por dentro, o mesmo azul está nas costuras dos bancos e nos apoios de cabeça.

Já o Creta Diamond é um exercício do time de design da Hyundai no Brasil. Baseado na versão de topo Prestige, ele traz um reforço nos itens de conforto, com mais de 200 peças modificadas.

A carroceria ganhou um novo tom de azul e a cabine tem bancos de couro claro, nas cores branco e caramelo. Há ainda um inédito teto solar elétrico, item não disponível em nenhuma versão atual do Creta.


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais


Notícias relacionadas