Notícias

Toyota apresenta sua plataforma para veículos elétricos

Arquitetura modular e-TNGA dará origem a uma gama de veículos elétricos da Toyota com SUVs, sedã, compacto e até uma minivan

Diogo de Oliveira, Especial para o Estado

08 de dez, 2020 · 4 minutos de leitura.

" >
Toyota revela a plataforma para veículos elétricos e-TNGA e antecipa: base terá gama com seis modelos a bateria
Crédito: Toyota/Divulgação

Pioneira com os híbridos, a Toyota talvez tenha demorado um pouco a ?virar a chave? para os carros elétricos. Mas chegou a hora. A montadora revelou sua arquitetura para os modelos movidos por baterias. A base e-TNGA estreia em 2021 com um inédito SUV da marca.

Tal como na concorrência, a plataforma de elétricos é modular, o que vai permitir criar variados modelos de diferentes formatos e tamanhos. Estão previstos seis carros: um compacto, um sedã, um crossover, uma minivan e dois SUVs ? um deles é o que será revelado no ano que vem.

Toyota/Divulgação

Três tipos de tração

Uma das características que chama a atenção na nova plataforma e-TNGA da Toyota é a possibilidade de oferecer tração dianteira, traseira ou integral. Até agora, as arquiteturas apresentadas, como a MEB da Volkswagen e a E-GMP da Hyundai, oferecem tração traseira.

Toyota/Divulgação

Dessa maneira, a base e-TNGA permitirá à Toyota produzir desde um carro elétrico compacto com valor mais acessível, até um modelo grande de luxo para usar o escudo da Lexus.

Os gráficos divulgados pela montadora tentam explicar como funciona a arquitetura e-TNGA. A modularidade é o ponto alto, com apenas alguns elementos fixos no chassi, como por exemplo os compartimentos dos motores e parte dos módulos de baterias no assoalho.

Toyota/Divulgação

Autonomia para até 600 km

O engenheiro-chefe do projeto da plataforma e-TNGA, Koji Toyoshima, anunciou que os modelos elétricos da Toyota terão baterias com capacidade de 50 kWh a 100 kWh. Isso significa que os veículos terão de 300 a 500 km de autonomia, em média. E alguns podem oferecer até 600 km.

As potências também irão variar. Isso porque cada motor produz entre 110 cv e 200 cv. Ou seja: nos modelos equipados com dois motores, a potência poderá atingir 400 cv. Essa deverá ser a cavalaria disponível para veículos mais caros, especialmente com o escudo da Lexus.

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se

Base compartilhada

Além de ser o ponto de partida para a linha de veículos elétricos da Toyota, a plataforma e-TNGA também será utilizada pelas conterrâneas Subaru e Suzuki. O projeto prevê que a arquitetura seja compartilhada. Por isso, engenheiros das três montadoras estão no projeto.

O SUV elétrico da Toyota, portanto, será o primeiro fruto da base e-TNGA. A essa altura, o modelo já está pronto para entrar em produção na nova fábrica da montadora batizada de ZEV ? sigla de Zero Emission Vehicles ou Veículos de Emissão Zero. Todos os elétricos sairão de lá.


Continua depois do anúncio

o catálogo 0km do jornal do carro tem
ofertas imperdíveis de todas grandes marcas
Logo Jornal do carro
Preencha seus dados abaixo para...
Aceito receber informações e ofertas e que estou
de acordo com termos e condições
Quero receber ofertas do(s) modelo(s)

Obrigado! Em breve entraremos em contato.

x