Você está lendo...
Toyota bZ4X: marca revela detalhes do seu primeiro carro elétrico
Notícias

Toyota bZ4X: marca revela detalhes do seu primeiro carro elétrico

Com baterias de 71,4 kWh e autonomia de até 500 km, elétrico da Toyota tem previsão de chegar ao mercado em 2022; tem até painel solar entre os equipamentos

Vagner Aquino, especial para o Jornal do Carro

02 de nov, 2021 · 6 minutos de leitura.

Toyota
Toyota bZ4X é um dos modelos elétricos da marca japonesa
Crédito:Toyota/Divulgação

Após certa resistência, a Toyota finalmente vai entrar no mundo dos carros com propulsão elétrica. Desenvolvido em conjunto com a Subaru, o bZ4X chega como o primeiro de sete modelos zero emissões da nova linha bZ (Beyond Zero), com lançamentos previstos até 2025 em todo o mundo. Sua estreia aconteceu em abril, durante o Salão de Xangai (China). Agora, no entanto, a marca revelou outros detalhes do SUV, que chega ao mercado em meados de 2022.

A começar pelo design, o modelo segue exatamente as linhas apresentadas no conceito. Cheio de vincos desformes e marcantes, o SUV tem como um dos principais destaques os para-lamas dianteiros em plástico preto, que - ao contrário das versões convencionais -, não apenas contornam as caixas de rodas, mas se estendem até a região dos faróis.

Toyota/Divulgação

Atrás, tem lanternas conectadas por um friso iluminado e aerofólio bipartido. Nesse sentido, para dar um ar ainda mais futurista, o interior segue o estilo Peugeot e tem painel de instrumentos mais alto que o volante. A central multimídia tem tamanho generoso (não especificado pela marca) e há opção de volante manche. Justamente, aquele que parece de avião.

Como é esse volante?

Não é só o volante que tem formato diferenciado no Toyota bZ4X. A tecnologia também inova. De acordo com a marca japonesa, o SUV elétrico tem um novo sistema de direção eletrônica. Isso permite que a direção não seja conectada às rodas.

Toyota/Divulgação

O recurso opcional funciona, a princípio, sem cabos e engrenagens, tal como o sistema "fly-by-wire" de aviões comerciais - como os da Airbus e da Embraer. Na prática, respostas mais precisas e eliminação de interferências do solo aparecem como destaques.

Toyota/Divulgação

Demais detalhes

Quando apresentou o bZ4X, em abril, a Toyota, entretanto, não revelou muitos detalhes acerca de propulsão/baterias. Contudo, desta vez, todos os dados do SUV - que tem porte semelhante ao RAV4 - foram revelados.


Construído sobre a plataforma e-TNGA, feita em parceria com a Subaru, o novato, a princípio, oferece o mais recente pacote Toyota Safety Sense de 3ª geração, estrutura de carroceria adaptada para colisões de qualquer direção e um conjunto de baterias (íons de lítio de 71,4 kWh) que contribui para garantir o desempenho de proteção em colisão. Esta última, em síntese, fica sob o assoalho, integrada ao chassi.

Toyota
Toyota/Divulgação

Para se mover, em suma, conta com um motor elétrico dianteiro de 201 cv. Há ainda uma versão com dois motores elétricos (eixos dianteiro e traseiro). Com isso, o modelo passa a oferecer tração nas quatro rodas e potência de 214 cv. Em números, são 160 km/h de velocidade máxima em ambas as opções. Na primeira, o 0 a 100 km/h é feito em 8,4 segundos. Já na segunda opção, são gastos 7,7 s.


Recarga

O modelo oferece cerca de 450 km de autonomia (conforme o padrão WLTP, da Europa). De acordo com a Toyota, ao conectar um carregador de 150 quilowatts, a carga da bateria sobe 80% em aproximadamente de 30 minutos. As estações de recarga podem ser encontradas por meio da central multimídia.

Entre as demais tecnologias, o modelo tem, nesse sentido, ar-condicionado por bomba de calor, aquecedores de assento e volante, compatibilidade com carregadores de alta potência, controles de saída, de aceleração/desaceleração, e de supressão de deslizamento em estradas escorregadias. Reconhecimento de voz, atualização remota de software e painel solar de teto (para 1.800 km extras de autonomia durante um ano de uso) estão entre os principais destaques.

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se