Você está lendo...
Usados: cinco sedãs compactos de R$ 70 mil que são bons negócios
Mercado

Usados: cinco sedãs compactos de R$ 70 mil que são bons negócios

Lista de sedãs usados conta com modelos mais recentes, como Hyundai HB20S, Chevrolet Onix Plus e Honda City; compra exige pesquisa e atenção

Jady Peroni, especial para o Jornal do Carro

27 de jul, 2022 · 10 minutos de leitura.

sedãs usados
Mesmo em baixa nas vendas por causa dos SUVs, sedãs compactos são boas opções para quem busca um carro usado de R$ 70 mil com porta-malas tamanho família
Crédito:Montagem/Divulgação

Mesmo com o recuo da pandemia e do dólar norte-americano, e com o avanço da vacinação no Brasil, os preços dos carros usados continuam a assustar os brasileiros. Entre os modelos 0-km, além da falta de unidades para pronta entrega, por causa da falta de chips, os preços atualmente começam em R$ 65 mil. Isso no caso dos hatches de entrada, como Renault Kwid e Fiat Mobi. Entretanto, quem procura por mais espaço, o jeito é mirar os sedãs compactos.

Embora estejam super valorizados no momento, é possível encontrar sedãs seminovos interessantes na faixa dos R$ 70 mil. Por isso, o Jornal do Carro reúne a seguir cinco opções de modelos que são boas compras. Vale dizer que o segmento encolheu com o rápido avanço dos SUVs, mas ainda mantém uma fatia relevante no mercado brasileiro.



Preste atenção!

Antes de listar os sedãs escolhidos, algumas observações. Garimpar o mercado de usados exige paciência e cuidados. Vale pesquisar sobre reposição de peças e custos de manutenção. Além disso, é crucial fazer um test drive antes de fechar o negócio. Afinal, qualquer carro pode apresentar falhas e problemas mais graves, não importa se tem duas décadas ou se é um seminovo. Por fim, caso não entenda de mecânica, é recomendável procurar ajuda profissional.


Confira abaixo cinco sedãs usados que podem ser bons negócios.

Renault Logan

sedãs usados Renault Logan
Renault/Divulgação

A Renault vem renovando a sua gama de veículos aqui no Brasil. Recentemente, trouxe a nova geração do Kwid, bem como a sua versão elétrica. Contudo, embora tenha sido importante para a francesa no mercado nacional, o Logan não ganhará nova geração por aqui. No Brasil desde 2007, o sedã sempre fez certo sucesso. Contudo, a exemplo de outras marcas, como a Ford, a Renault resolveu investir tudo nos SUVs e modelos mais caros e "lucrativos".


Por isso, não teremos os novos Logan e Sandero. Mas o sedã é boa opção entre os usados, sobretudo para quem precisa de espaço - são 510 litros de porta-malas. Na versão Zen 1.6 16V Flex, ano/modelo 2021, tem preço na faixa dos R$ 65 mil e conta com itens como ar-condicionado e computador de bordo. Além disso, por ser recente, pode ter baixa quilometragem. Inclusive, a versão com câmbio automático custa entre R$ 72 mil e R$ 73 mil.

Hyundai HB20S

sedãs usados Hyundai HB20S
Hyundai/Divulgação

Irmão do hatch HB20, o HB20S é outra boa opção de sedã seminovo. A versão Vision, ano/modelo 2020, vem com o motor 1.0 Flex de 12 válvulas que gera até 80 cv de potência com etanol. O torque máximo é de 10,2 mkgf. Embora tenha câmbio manual, a variante possui computador de bordo, ar-condicionado e um porta-malas de 475 litros.


De acordo com a tabela Fipe, o preço médio dessa versão é de R$ 67 mil. No entanto, pode variar no mercado. Para quem busca opções com câmbio automático, a faixa de valor aumenta significativamente para entre R$ 76 mil e R$ 78 mil.

Honda City

sedãs usados Honda City
Honda/Divulgação

O Honda City ganhou uma nova geração no fim de 2021 e, junto com o sedã, a japonesa trouxe neste ano a inédita carroceria hatch ao Brasil. O compacto da marca japonesa chegou para ocupar o lugar do City anterior (foto acima) também do Civic, que ganhará nova geração no final de 2022. O problema é que o sedã subiu de patamar e os preços partem de R$ 116 mil. Dessa forma, a antiga geração do City pode ser uma boa opção de compra.


A variante DX, por exemplo, de 2018, traz o motor 1.5 flex de 116 cv e 15,6 mkgf de torque. Ela pode ser encontrada por R$ 67 mil com transmissão manual, rodas de liga leve e computador de bordo. Destaque para o consumo médio de 14,6 km/l com gasolina na estrada, e de 12,4 km/l na cidade. Entretanto, quem optar pela versão automática vai enfrentar dificuldades em achar valores mais baixos. A maioria fica na média dos R$ 80 mil ou mais.

Chevrolet Onix Plus

sedãs usados Chevrolet Onix Plus
Chevrolet/Divulgação

O Onix é o modelo de maior sucesso recente da Chevrolet no Brasil. Inclusive, o compacto liderou o ranking de vendas de 2021 na categoria de sedãs. Ao todo, foram cerca de 54 mil unidades emplacadas, quase o dobro do segundo colocado. O modelo recebeu a linha 2023 neste ano, quando foi apresentado no festival de música Lollapalooza. E, por ter trajetória no País, merece atenção no mercado de usados pela alta saída.


A versão LT 1.0 flex, ano/modelo 2020, por exemplo, é encontrada na faixa de R$ 67 mil a R$ 69 mil na tabela Fipe. Com esse motor e câmbio manual de seis marchas, tem 82 cv de potência e 10,6 mkgf de torque máximo. O consumo é o destaque, com média de 12 km/l na cidade e de 15,7 km/l na estrada. Já as versões automáticas pedem mais investimento já que trazem o motor 1.0 turbo flex de até 116 cv e 16,8 mkgf. Os valores partem de R$ 75 mil.

Fiat Cronos

sedãs usados Fiat Cronos
Fiat/Divulgação

Mesmo sem ter grande destaque nas vendas desde 2018, quando estreou no Brasil, o Fiat Cronos pode ser uma boa aposta para quem busca um sedã. Inclusive, o modelo ganhou recentemente a linha 2023 na Argentina. E a atualização deve chegar em breve ao Brasil, já em agosto. Por isso, adicionamos o sedã da marca italiana nessa lista.


Na versão Drive 1.3 8V flex ano/modelo 2020, por exemplo, os valores começam em R$ 70 mil. Com esse motor, o sedã entrega 109 cv e 14 mkgf de torque. Já a velocidade máxima alcança 183 km/h. No entanto, para quem procura mais desempenho e câmbio automático, a versão 1.8 16V tem preço médio que vai de R$ 75 mil a R$ 77 mil.

Bônus: Toyota Etios

sedãs usados Toyota Etios
Toyota/Divulgação

O Toyota Etios saiu de linha no mercado brasileiro em 2021. A montadora tirou o sedã compacto para ampliar a produção do SUV Corolla Cross. Mas, mesmo que não esteja mais à venda, o modelo tem boas opções de valores no mercado de usados. A versão X Plus, de 2020, traz o motor 1.5 16V flex que gera 107 cv e até 14,7 mkgf de torque com etanol. O câmbio é manual de 6 marchas e o preço é de R$ 68 mil. Um destaque é o porta-malas de 562 litros.


O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se
Fiat Pulse Drive 1.0 Turbo 200
Oferta exclusiva

Fiat Pulse Drive 1.0 Turbo 200

Deixe sua opinião