Redação

10.08.2020 | 16:37

Veja as picapes mais vendidas do Brasil

Mercado de picapes foi agitado por conta de novidades promovidas por Strada e S10. Modelo da Fiat quase dobrou vendas entre junho e julho

picapes
Fiat Strada é líder do segmento de picapes no Brasil Crédito: Fiat/Divulgação
Carro

Vai comprar um 0km? Nós te ajudamos a escolher.

Mesmo com números inferiores à 2019, o mercado de veículos no Brasil segue bastante agitado em alguns segmentos. E um dos que têm chamado mais atenção é o de picapes. Nem mesmo a crise instaurada pelo novo coronavírus foi capaz de barrar a movimentação dessa categoria, que vendeu 23.516 unidades no mês de julho – 6.610 a mais que junho.

De acordo com números da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores, só a Fiat Strada comercializou 6.564 unidades no sétimo mês do ano. Número que quase dobrou em relação a junho, quando a picapinha emplacou 3.829 unidades.

Motivo

Toda essa movimentação é causada pela novidade, afinal, a Strada chegou ao mercado totalmente repaginada. Acabando com uma era de 20 anos, já que a picape ainda era derivada do finado Palio. Houve renovação total e, claro, estratégias para tornar o modelo atrativo, mas não tão caro. A faixa de preços fica entre R$ 61.590 e R$ 79.990.

A receita usada foi emprestar elementos de Mobi, Argo e Toro para montar um modelo que atraia até compradores de sedãs compactos. A Fiat deixou bem claro: quer que a Strada deixe de ser vista como veículo de trabalho e passe a ser considerada uma espécie de carro com caçamba. Assim, o modelo passa conquistar maior número de consumidores.

Para vender ainda mais ao longo dos próximos meses e até, quem sabe, cavar a liderança de mercado (hoje, com o VW T-Cross), a montadora promete elevar a produção da planta de Betim (MG). De acordo com Herlander Zola, diretor de Operações Comerciais da Fiat, a picape teve demanda de 17 mil unidades em julho. Se continuar assim, promete.

Pódio

Apesar de ter ultrapassado a irmã em alguns momentos ao longo do ano, a Fiat Toro fechou julho como a segunda picape mais vendida do Brasil, com 4.258 unidades.

O terceiro posto do pódio de julho ficou com a Volkswagen Saveiro (2.828). A primeira picape média da lista, a Toyota Hilux (que terá mudanças em breve) vendeu 2.327 unidades. Na sequência, está a Ford Ranger, com 1.729 unidades. Abaixo, a lista das dez picapes mais vendidas do Brasil em julho:

FIAT/STRADA: 6.564
FIAT/TORO: 4.258
VW/SAVEIRO: 2.828
TOYOTA/HILUX: 2.327
FORD/RANGER: 1.729
CHEVROLET/S10: 1.568
MITSUBISHI/L200: 1.246
CHEVROLET/MONTANA: 992
VW/AMAROK: 809
NISSAN/FRONTIER: 612

Fora do top cinco, a Chevrolet S10 recebeu recentemente a linha 2021. Embora bem mais discretas, as mudanças devem refletir em vendas, afinal, a proposta de fisgar o consumidor com atributos como segurança e conectividade é uma boa pedida. A GM apostou em soluções como condução semi-autônoma e tecnologia de wi-fi com 4G.

Vendas nos sete primeiros meses de 2020

Entre janeiro e julho deste ano, o segmento de picapes (soma-se, aqui, pequenas e médias) emplacou 131.009 unidades. O número é menor que a quantidade vendida no mesmo período de 2019 (189.543), porém, isso deve se reverter, afinal, tem boas novidades chegando por aí. Leia-se Toyota Hilux, Mitsubishi L200 Triton e companhia.

Veja abaixo a lista das dez picapes mais vendidas do Brasil no acumulado do ano de 2020 (janeiro a julho):

FIAT/STRADA 29.408
FIAT/TORO 24.031
TOYOTA/HILUX 16.651
VW/SAVEIRO 15.315
CHEVROLET/S10 11.142
FORD/RANGER 10.447
VW/AMAROK 7.024
MITSUBISHI/L200 4.865
CHEVROLET/MONTANA 4.308
NISSAN/FRONTIER 4.187

Inscreva-se no canal do Jornal do Carro no YouTube

Veja vídeos de testes de carros e motos, lançamentos, panoramas, análises, entrevistas e o que acontece no mundo automotivo em outros países!

Inscrever-se

Notícias relacionadas


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais