Veja os melhores zero quilômetro entre R$ 40 mil e R$ 60 mil

Listamos algumas das melhores compras em faixa de preço concorrida; hatches de entrada dominam, mas há modelos para todo tipo

melhores
Polo com motor 1.0 é uma das boas compras até R$ 60 mil Foto: FELIPE RAU/ESTADÃO

Com doze dos vinte carros mais vendidos com versões partindo abaixo dos R$ 60 mil, a faixa que começa nos R$ 40 mil tem várias opções de modelos para compra. Apesar de conter mais hatches e sedãs de entrada, a fatia de mercado tem boa variedade de motorizações, tamanhos e propostas para atender a uma ampla gama de necessidades. Selecionamos algumas das melhores opções em algumas subcategorias de preço.

Partindo de R$ 32.490 está o Renault Kwid. O pequenino hatch até tem bons 290 litros de porta-malas, a despeito das dimensões enxutas. São apenas 3,68 metros de comprimento e 1,57 metro de largura, mas tem air bags laterais de série em todas as versões. A melhor pedida é a versão intermediária, Zen, a R$ 38.090. Ela vem com ar-condicionado, direção assistida e vidros e travas elétricas, além de um rádio com USB e Bluetooth. A mais cara, Intense, custa R$ 41.990 tem a mais uma central multimídia simples demais para justificar o investimento extra. O Kwid também é muito econômico e roda até 15,6 km/l na estrada com gasolina. Na cidade são 14,9 km/l graças ao motor 1.0 de três cilindros e 69 cv.

VW tem boas opções

Com dimensões semelhantes, mas proposta totalmente diferente, o Volkswagen Up! desponta como um dos melhores hatches compactos à venda no País. Nessa faixa de preço, a versão Move tem opções entre R$ 52.860 e R$ 58.800. A mais cara é a badalada TSI, com motor 1.0 turbo de 105 cv e ótimo desempenho. O trunfo do Up! TSI é o baixíssimo consumo. O modelo faz até 16,3 km/l na estrada com gasolina no tanque. Chega a ser mais econômico até mesmo que as versões com motor de aspiração natural. Apesar de também pequeno, leva bons 285 litros no porta-malas.

Mas a própria VW tem outras duas boas opções. Se o orçamento estiver mais apertado, a versão 1.0 do Gol vendida a R$ 46.320 é uma boa pedida. Completa, tem itens como ar-condicionado, vidros e travas elétricas e direção assistida de série. O consumo também é destaque, com 13,1 km/l na cidade e 14,9 km/l na estrada, ambos com gasolina. Dentro dos R$ 60 mil, ainda dá para levar as versões mais potentes, com motor 1.6 de 104 cv e câmbio manual, ou 120 cv com câmbio automático. Custam R$ 52.760 e R$ 57.260 respectivamente.

Já o Polo 1.0 tem projeto mais maduro e melhor construção. Por R$ 50.670, a versão de entrada traz o básico, com ar-condicionado, direção assistida e vidros e travas elétricas. Há ainda sistema de som com Bluetooth e air bags laterais. O 1.0 chega a 84 cv e roda até 14,3 km/l na estrada com gasolina no tanque. O porta-malas do Polo leva até 300 litros.

Onix está para mudar

A GM tem o campeão de vendas Onix, nas versões Joy e LT abaixo dos R$ 60 mil. Embora esteja próximo de mudar, o que deve acontecer em julho, o hatch ainda apresenta bom conjunto. A versão de entrada tem visual antigo, mas traz as últimas melhorias mecânicas. O motor 1.0 de quatro cilindros tem 80 cv e é acoplado a um câmbio de seis marchas. O preço é tabelado a R$ 44.490. A versão LT tem bom custo-benefício, ao incluir mais itens de série. O porta-malas é menor, no entanto, com 280 litros.

HB20 continua boa pedida

Outra boa opção, mas que está prestes a mudar é o Hyundai HB20. Apesar da iminente nova geração, o modelo ainda tem bom custo-benefício nas versões mais baratas. A versão de entrada Unique é bem básica, a R$ 43.990. Mas a Comfort Plus já vem mais equipada, com vidros elétricos também atrás e rodas de 15 polegadas. A tabela vai a R$ 47.590. O porta-malas é ligeiramente maior, com 300 litros. O consumo chega a 14 km/l com gasolina na estrada. Na cidade a marca fica nos 12 km/l.


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais


Notícias relacionadas