Redação:

Vendas globais de carros caem 18% e China vira líder mundial

O mercado chinês de automóveis se tornou o líder absoluto no mundo no mês passado com a queda de outros países, em especial os Estados Unidos

China
China vira líder de vendas Crédito: Thomas Peter/Reuters

Em junho, foram vendidos 6,364 milhões de carros novos no mundo, uma queda de 18,1% ante o mesmo mês de 2019. No acumulado do ano, o resultado é ainda pior. Foram 32,609 milhões de unidades (retração de 27,7% em relação ao mesmo período do ano passado).

Em junho, a China passou a ser líder absoluta do mercado mundial de carros, com 2,186 milhões de unidades e 33% de participação nas vendas globais, com alta de 6%. Os EUA caíram para o segundo lugar, com 1,113 milhão de vendas em junho (queda de 26,2%).

Os países da Europa apresentaram dinâmica semelhante. Foram 1 milhão 135 mil carros vendidos, com queda de 26,7%. Ao mesmo tempo, em algumas regiões, a demanda se recuperou quase completamente e, em alguns países, a retração foi de 30 a 40%.

China lidera e América do Sul é pico da crise

Já na Europa Oriental a queda foi menor, de 8,6%, com 172,1 mil carros novos entregues. Na América do Sul e suas 157,7 mil unidades, péssimo desempenho com perdas de 36,6%. Isso se deve ao fato de a América do Sul ser agora um dos epicentros da disseminação da covid-19.

As vendas de carros novos no Japão, outro grande mercado, por sua vez, totalizaram 342,6 mil unidades (-22,8%). O mercado sul-coreano fugiu do panorama e cresceu acentuadamente 42,5%. Com um volume de 202 mil unidades.

Inscreva-se no canal do Jornal do Carro no YouTube

Veja vídeos de testes de carros e motos, lançamentos, panoramas, análises, entrevistas e o que acontece no mundo automotivo em outros países!

Inscrever-se

Ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais

Notícias relacionadas


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais