Vendas de carros novos subiram 24,47% em outubro

Em outubro, automóveis e comerciais leves tiveram 244.740 unidades emplacadas

Chevrolet Onix
O Chevrolet Onix teve mais de 22 mil unidades vendidas em outubro, e lidera o ranking com folga. Foto: Felipe Rau/Estadão

Como antecipamos ontem (leia aqui), o mercado de automóveis novos em outubro aparentemente nem sentiu as eleições, disputadas em dois turnos (dias 7 e 28). Entre automóveis e comerciais leves, foram vendidas no mês 244.740 unidades, o que significou alta de 24,47% sobre outubro do ano passado. Em relação a setembro, a alta foi de 19,55%.

INSCREVA-SE NO CANAL DO JORNAL DO CARRO NO YOUTUBE

De acordo com a Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores, Fenabrave, no acumulado do ano os automóveis e comerciais leves já somam 2.024.338 unidades, alta de 14,36% sobre os mesmos dez meses do ano passado.

Embora outubro tenha tido mais dias úteis que setembro (22, ante 19), segundo a Fenabrave a média diária de vendas do mês passado foi 1,38% maior que a de setembro.

Os dez mais vendidos

O ranking dos mais vendidos (abaixo, na galeria) mostra o Chevrolet Onix na primeira posição, com 22.324 unidades. Mais uma vez, ele vendeu mais que o Ford Ka (10.461) e o Hyundai HB20 (9.361) somados.

No acumulado do ano, a vantagem do Onix também é imensa. Em dez meses, o hatch da Chevrolet já soma 168.540 unidades. O segundo colocado, Hyundai HB20, acumula 88.116, praticamente a metade do oponente

Entre as marcas, considerando o segmento de automóveis e comerciais leves, a liderança continua com a Chevrolet (18,01%), seguida da Volkswagen (15,31%) e Fiat (14,04%). As três estão bem distantes do segundo pelotão, composto por Ford (8,89%), Renault (8,87%) e Toyota (8,05%).

 


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais


Notícias relacionadas