Notícias

Xiaomi cria marca de carros e deve produzir SUVs elétricos

Xiaomi mostrou teaser de SUV que, na verdade, era uma miniatura de um Suzuki, mas já registrou uma nova marca focada em veículos

Redação

05 de jul, 2020 · 3 minutos de leitura.

xiaomi" >
Redmi SUV foi primeira investida da empresa
Crédito: Bestune/Divulgação

Depois de chamar atenção com uma miniatura revelada na internet, a Xiaomi parece preparar terreno para o possível lançamento de um carro de verdade. A imagem publicada em forma de teaser era, na verdade, de um Suzuki Jimny em escala 1:16.

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se

Em junho, a gigante da área de tecnologia registrou uma nova empresa na China. A tradução do nome é, literalmente “Xiaomi Automobile Alliance”. Embora não haja detalhes sobre a nova empreitada, há indícios claros de que a empresa prepara novidades.

Xiaomi equipou SUV da Bestune

No ano passado, a empresa revelou o Redmi SUV, modelo desenvolvido em parceria com a também chinesa Bestune. O modelo, cujo nome é T77, ganhou uma versão especial com tecnologias da Xiaomi. Entre os destaques, o sistema multimídia do SUV pode, por exemplo, controlar remotamente outros aparelhos da Xiaomi.

É o caso de aparelhos eletrônicos e eletrodomésticos. O usuário pode, por exemplo, ajustar a temperatura do ar-condicionado da residência e outros equipamentos, como microondas e cafeteira. Trata-se de um recurso parecido com o oferecido pelo Alexa, assistente pessoal da norte-americana Amazon.

A marca chinesa vem investindo pesado no desenvolvimento de inteligência artificial. Isso significa que os prováveis novos carros da Xiaomi terão forte apelo tecnológico. O Redmi SUV traz até uma assistente pessoal com representação holográfica no painel.

Carros serão elétricos

O porte do SUV chinês é parecido com o de um Jeep Compass. O modelo tem motor a combustão com 143 cv de potência. Mas a aposta é que os carros da nova divisão de veículos da Xiaomi tenham propulsão 100% elétrica.

Há sinais claros apontando nessa direção. Em 2017, por exemplo, a empresa chinesa entrou com um pedido na Índia para venda de veículos elétricos naquele país. Além disso, no mercado chinês todas as marcas focam modelos elétricos. Os carros com motor a combustão são sobretaxados na China e, além de a obtenção de licenciamento ser mais demorada, também é mais cara.

 

o catálogo 0km do jornal do carro tem
ofertas imperdíveis de todas grandes marcas
Logo Jornal do carro
Preencha seus dados abaixo para...
Aceito receber informações e ofertas e que estou
de acordo com termos e condições
Quero receber ofertas do(s) modelo(s)

Obrigado! Em breve entraremos em contato.

x