Bugatti Type 59 de 1934 pode ser vendido por R$ 55 milhões

Último carro de corrida feito pela Bugatti na década de 30, Type 59 venceu o GP de Spa-Francorchamps de 1934 e pertenceu ao rei da Bélgica

Bugatti
Bugatti T59 Crédito: Divulgação Gooding & Co

Um Bugatti de mais de 85 anos que será leiloada em Londres deverá alcançar lances de até 10 milhões de libras. Esse valor corresponde a cerca de R$ 55 milhões na conversão direta. O modelo, um Type 59, foi o último carro de corrida feito pela marca francesa na década de 30. Apenas oito unidades foram construídas.

O Bugatti Type 59 que será leiloado foi pilotado por René Dreyfus entre 1934 e 1935. E venceu o Grande Prêmio da Bélgica, em Spa-Francorchamps, de 1934. O carro pilotado por Dreyfus ficou na terceira posição no Grande Prêmio de Mônaco (França), disputado no mesmo ano.

Bugatti T59. Foto: Divulgação/ Gooding & Co

Após a temporada de 1935, o Bugatti Type 59 foi aposentado dos Grandes Prêmios. Mas continuou nas pistas e passou a ser pilotado por Jean-Pierre Wimille, dominando corridas na França.

Em 1938 o modelo foi vendido para o Rei Leopoldo III, da Bélgica. O carro teve outros quatro donos desde então. Mas nunca passou por uma restauração completa.

Bugatti faz parte de coleção

Na casa de leilões Gooding & Co, responsável pelo pregão, o Type 59 é classificado como “o mais importante” carro de corrida feito pela Bugatti. Depois dele, a marca só voltou a produzir um modelo de competição em 956. Trata-se do Type 251, que disputou o Grande Prêmio da França, mas não completou a prova.

O Type 59 que irá a leilão faz parte de uma coleção de 16 automóveis. Todos serão oferecidos no mesmo pregão, que está marcado para será realizado em abril.

O lote tem também um Bugatti  Type 35C Grand Prix, de 1928. Há ainda uma Lamborhini Miura de 1971 e um Rolls Royce Silver Ghost Alpine Eagle Tourer, de 1919.



Ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais

Notícias relacionadas


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais