Equipe Alfa Romeo volta à Fórmula 1

Sauber passa a se chamar Alfa Romeo Racing a partir desta temporada

equipe Alfa Romeo
Sauber agora é Alfa Romeo Racing Foto: Benoit Tessier/Reuters

A temporada de Fórmula 1 de 2019 começa no dia 17 de março, na Austrália, com o retorno da equipe Alfa Romeo à competição. É que a Sauber está adotando o nome de sua patrocinadora master.

Agora, deixa de ser Sauber e passa a ser Alfa Romeo Racing. Com isso, o nome Sauber, que estava na categoria desde 1993, sai de cena em 2019.

A informação foi anunciada pelo Grupo Fiat Chrysler, dono da Alfa, e confirmada pelo agora chefe da equipe Alfa Romeo, Fred Vasseur.

Os pilotos da equipe Alfa Romeo para a temporada de 2019 serão Kimi Raikkonen, campeão de 2007 da Fórmula 1, e Antonio Giovinazzi, aposta da Ferrari para o futuro.

GALERIA: Os carros que os pilotos de F1 têm na garagem

Sauber, Ferrari e equipe Alfa Romeo

Com poucas temporadas de exceção – como o período em que esteve nas mãos da BMW, no início dos anos 2000 -, a Sauber vem funcionando como uma espécie de equipe satélite da Ferrari. É algo como o que ocorre com a Red Bull e a Toro Rosso.

A diferença é que a Toro Rosso pertence à Red Bull, algo que não ocorre com Sauber e Ferrari. Porém, a equipe de origem suíça tem sido um bom “laboratório” para pilotos da Ferrari.

Foi para a Sauber que a Ferrari enviou Felipe Massa antes de promovê-lo a piloto da escuderia vermelha. Charles Leclerc, que estreia este ano no time de Maranello, também era piloto da Sauber.

A Ferrari não pertence mais ao Grupo FCA, do qual faz parte a Alfa. Porém, seus donos são os acionistas do conglomerado.

Por isso, a posição de patrocinadora master da Alfa na Sauber, que teve início no ano passado, teve o objetivo de deixar a relação entre os dois times ainda mais próximos. E culminou com a criação da equipe Alfa Romeo.

Alfa Romeo na Fórmula 1

A equipe Alfa Romeo, ou Alfa Romeo Racing, estreou na Fórmula 1 em 1950 e, de cara, conquistou o título de pilotos, com Nino Farina.

Em 1951, veio o segundo título, com Juan Manuel Fangio. Porém, em 1952 a Alfa se retirou da categoria.

Como fornecedora de motores, esteve da F1 de 1961 a 1979. Neste ano, a equipe Alfa Romeo retornou, e se retirou novamente em 1985.

Veja também: Carros com nomes de pilotos de corrida


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais


Notícias relacionadas