‘Hot hatches’ legais que não temos no Brasil

Eles são potentes, gostosos de guiar e têm em comum o fato de passagem longe das ruas brasileiras, infelizmente. Hatches são modelos de nicho

hatches
Polo GTI tem motor 2.0 turbo de 200 cv Crédito: Volkswagen/Divulgação

Com a virtual extinção dos hatches médios no País, também foram juntas as poucas versões esportivas que chegaram a ser vendidas por aqui. O último foi o VW Golf GTI, que foi, em parte, substituído pelo híbrido GTE na linha da marca alemã. Ainda assim, em mercados como o europeu e até mesmo o americano, os hatches esportivos persistem e as marcas não ousam tirá-los de linha.

INSCREVA-SE NO CANAL DO JORNAL DO CARRO NO YOUTUBE

Recentemente, até mesmo fabricantes com pouca tradição em esportivos se aventuraram no segmento. A Hyundai vem colhendo críticas positivas aos modelos da linha N. Veloster e i30, ambos em gerações mais recentes do que as vendidas aqui, ganharam um 2.0 turbo de 275 cv sob o capô. Os modelos foram inspirados pela experiência da marca no Campeonato Mundial de Rally. A tração é sempre dianteira e o câmbio, manual de seis marchas.

Na Ford, há os Fiesta e Focus ST. Os dois modelos são vendidos na Europa e estão em gerações à frente das últimas vendidas no Brasil. O Fiesta usa uma versão turbinada do 1.5 de três cilindros que a Ford usa em Ka e EcoSport nacionais. No Fiesta esportivo, são 200 cv enviados às rodas dianteiras. Segundo a marca, o modelo acelera de 0 a 100 km/h em 6,5 segundos e chega aos 232 km/h. Há itens como diferencial com escorregamento limitado e controle de largada.

No Focus, o conjunto é mais “parrudo”. São 280 cv extraídos de um 2.3 turbo de quatro cilindros. O motor é o mesmo usado nas versões de entrada do Mustang. O Focus ST também pode vir com um 2.0 diesel de 190 cv e saudáveis 41 mkgf de torque. O Focus tem um sistema de gerenciamento eletrônico mais sofisticado, com sistemas como um “punta-taco” eletrônico. Ele eleva a rotação do motor automaticamente em reduções de marcha. Isso evita trancos nas trocas e melhora o desempenho do hatch.

Hatches potentes

Enquanto a nova geração dos Golf GTI e R não é lançada, a Volkswagen também vende na Europa o Polo GTI. O modelo usa um 2.0 turbo de 200 cv e 32,7 mkgf de torque. A Volkswagen até deve lançar um Polo GTS no Brasil, mas ele terá o 1.4 turbo de 150 cv sob o capô. Vendido apenas na Europa, o Polo GTI tem equipamentos dignos de carros maiores, como controle de cruzeiro adaptativo, monitor de pressão dos pneus e rodas de 19 polegadas.

Ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais


Notícias relacionadas