Volkswagen

VOLKSWAGEN T-CROSS 2020

Volkswagen T-Cross

Demorou um bocado para a Volkswagen lançar no Brasil um utilitário esportivo para entrar na briga no segmento mais concorrido do mercado: o dos SUVs compactos.

Depois de longa espera, a fabricante apresentou o Volkswagen T-Cross, produzido em São José dos Pinhais (PR). Feito sobre a moderna plataforma modular MQB, o SUV é oferecido nas versões 200 TSI, Comfortline 200 TSI e Highline 250 TSI e oferece muitos recursos de tecnologia, conectividade e segurança.

Fazem parte da lista de equipamentos, por exemplo, painel digital Active Info Display, seletor de perfil de condução, controle de estabilidade, Park Assist 3.0, quatro entradas USB (inclusive para o banco traseiro), faróis full-LED, seis airbags, saída de ar-condicionado para o banco traseiro e teto solar panorâmico.

O Volkswagen T-Cross mede 4.20 m de comprimento, 1,75 m de largura, 1,57 m altura e 2,65 m de distância entre eixos. A capacidade do porta-malas varia de 373 a 420 litros e o encosto rebatível do banco do passageiro dianteiro propicia espaço ainda maior para as bagagens.

Teto solar panorâmico no novo Volkswagen T-Cross

Além de sensores dianteiro e traseiro que auxiliam na hora de estacionar, o T-Cross dispõe de sistema Park Assist 3.0, que põe o carro em vagas paralelas e transversais de forma semiautônoma. Ao motorista basta controlar os pedais de freio e acelerador.

No design, a parte frontal possui grade ampla e faróis de LED integrados. O capô volumoso e vincado também é responsável pela altura acentuada. A parte inferior da dianteira distingue-se por detalhes como os faróis de neblina.

Na traseira, um novo elemento de design chama atenção: a faixa que se estende na tampa do porta-malas e emoldurada por um painel preto. Se o cliente quiser, o Volkswagen T-Cross pode vir com teto solar panorâmico Sky View — dois painéis de vidro que ocupam mais da metade da área do teto com a seção dianteira se abrindo eletricamente.

Além do teto solar panorâmico, o T-Cross tem central multimídia com tela sensível ao toque de 8 polegadas. Outro item útil é o seletor do perfil de condução, que permite ao motorista escolher os modos normal, ecológico, esportivo e individual.

O modelo também oferece o manual cognitivo. O recurso se vale do programa IBM Watson para responder questões sobre o veículo, incluindo as próprias informações contidas no manual do proprietário.

No quesito segurança, o Volkswagen T-Cross traz itens como seis airbags (dianteiros, laterais e de cortina) e sistemas de assistência ao motorista.

Prós

  • Design moderno
  • Conjunto mecânico
  • Pacote tecnológico

Contras

  • Porta-malas poderia ser maior
  • Acabamento simples
  • Preço da versão de entrada

Indicado para

Família
Trabalho
Viagem

VOLKSWAGEN T-CROSS

Preço

R$ 69.990

Carroceria

SUV

Motor

1.0 3 cilindros em linha

Transmissão

automática

Potência

116 (128)

Torque

2000 (2000)

Comprimento

4199

Altura

1568

Largura

1760

Distância entre eixos

2651

Porta-malas

373

Velocidade máxima

-184

Aceleração

(10.4)

Consumo urbano

11.0 (7.6)

Consumo rodoviário

13.5 (9.5)

Versões a partir de

R$ 69.990

3.7

3.7 de 5

Custo/Benefício

3.5

Design

4

Consumo

3

Potência

4

Tecnologia

5

Conforto

4.5

Acabamento

3

Manutenção

3

Revenda

3

Modelos similares

Versões a partir de

R$ 69.990