Redação

19/12/2019 - 3 minutos de leitura.

Dezembro registra alta em roubos e furtos de motos em SP

Último mês do ano tem alta de 54% nos roubos e furtos de motos. Maior parte das ocorrências é registrada nos fins de semana e feriados e bairros nobres não escapam de registros

motos
Capital concentra roubos e furtos do estado Crédito: Clayton de Souza/Estadão
Carro

Vai comprar um 0km? Nós te ajudamos a escolher.

Dezembro é o mês onde mais motos são roubadas no estado de São Paulo. A conclusão é do Boletim Econômico Tracker-FECAP após análise dos dados da Secretaria de Segurança Pública do Estado. Em dezembro de 2018 foram 4.042 roubos e furtos de motos, alta de 54% sobre a média mensal. Por dia, foram 131 motos roubadas em dezembro do ano passado.

INSCREVA-SE NO CANAL DO JORNAL DO CARRO NO YOUTUBE

Ao menos, diminuíram as ocorrências entre outubro de 2018 e setembro de 2019. Os furtos caíram 1,82% e os roubos 3,02%. A proximidade com o fim do ano faz as ocorrências aumentarem, mas dezembro sempre representa um salto, de acordo com a análise do Boletim. Segundo o coordenador do Núcleo de Pesquisa da FECAP, Erivaldo Vieira, o clima mais quente estimula a saída de mais motos nas ruas. Isso faz o número de roubos subir junto.

Sábados, domingos e feriados também representam mais risco de roubo para motociclistas. Sábados costumam ter alta de 20% nos roubos, índice que chega a 30% aos domingos. E mais de metade dos incidentes ocorre a noite. Já os furtos ocorrem mais em dias de semana, enquanto as motos estãoe estacionadas. O estudo aponta que 44% das ocorrências de furto ocorrem de dia e apenas 16,4% a noite.

Bairros nobres também aparecem

A capital registra o maior número de ocorrências, com 41,9% dos roubos e 347% dos furtos. E cinco bairros se destacaram entre os mais pergosos: Santo Amaro, Cidade Ademar, Pinheiros, Bela Vista e Itaquera. No entanto, os roubos mais violentos, com uso de arma de fogo também ocorrem em Sapopemba e Jardim Ângela.

Entre as vias com maior número de furtos, está a Rua Amador Bueno, em Santo Amaro, e a Rua Haddock Lobo, nos Jardins. Já as avenidas Raimundo Pereira de Magalhães e Aricanduva concentram a maior parte dos roubos de motos na capital.

Notícias relacionadas


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais