Triumph vai desenvolver moto elétrica com a Williams

Triumph e Williams anunciaram um acordo para desenvolver a primeira moto elétrica da marca

triumph
PRIMEIRO CONCEITO ELÉTRICO DA TRIUMPH SERÁ CHAMADO DE TE-1 Crédito: TRIUMPH/DIVULGAÇÃO

A Triumph e a Williams anunciaram um acordo para desenvolver a primeira moto elétrica da empresa de Hinckley. Além das duas, o consórcio inclui a Integral Powertrain Ltd. e a Universidade de Warwick.

O acordo de cooperação tem duração de dois anos e receberá fundos do governo britânico por meio do Departamento de Estratégia Industrial, Energia e Negócios. Outros recursos virão do escritório para veículos de baixa emissão (OLEV).

A ideia é desenvolver e colocar no mercado tecnologias que irão equipar com propulsão elétrica a próxima geração de motos da Triumph. O primeiro passo é a Triumph TE-1, que será o primeiro conceito elétrico da Triumph. TE-1 é a abreviação de Triumph Eletric 1.

Quem faz o que no projeto da Triumph TE-1

A proposta segundo o comunicado “é entregar o que os motociclistas querem e esperam de suas Triumph, o que é o perfeito balanço de dirigibilidade, desempenho e usabilidade”. Para o projeto ela trará seu conhecimento de chassi e engenharia de motos.

A divisão de engenharia da Williams (Williams Advanced Engineering) vai trazer para o projeto da TE-1 a expertise de baterias de baixo peso. Conhecimento adquirido nos carros da Fórmula 1 com o sistema de recuperação e armazenamento de energia.

A Integral Powertrain vai tomar a frente do desenvolvimento do motor elétrico e um inversor (componente que transforma a energia de corrente direta para alternada ou vice-versa). Já a Universidade de Warwick, vai fornecer mão de obra e especialização em eletrificação.


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais


Notícias relacionadas