Onboard Diego Ortiz

Kwid finge ser de outra família e decola

Renault Kwid foi o único dos subcompactos que decolou em vendas. Motivo: fingiu que era um SUV

kwid
Renault Kwid Crédito: Renault/Divulgação

O Renault Kwid manteve seu ótimo desempenho no mercado em abril, com 7.319 unidades vendidas. Número que lhe deu a quarta posição no ranking dos mais vendidos, atrás apenas do Chevrolet Onix, Hyundai HB20 e Ford Ka.

O preço baixo, a partir de R$ 32.790, ajuda na questão das vendas, obviamente. Mas não é só isso. Tanto que seu principal rival, o Fiat Mobi, tem o preço bem parecido, de R$ 32.990, e vendeu e vende bem menos. O segredo de sucesso do Kwid está na sua genial a bem sucedida estratégia de marketing de se colocar como um SUV no País.

O desenho bem resolvido, mil vezes melhor que o do Mobi, ajuda na função. E suas características de ângulo de ataque e altura em relação ao solo, segundo o Inmetro, o caracterizam como um SUV. Portanto, dizer que o Kwid é um utilitário-esportivo não é um erro técnico. Mas lamento, este purista aqui não consegue fazê-lo. Tratarei o Kwid como subcompacto, pelo menos nesta minha bolha aqui.

Alguns argumentos poderiam ser adicionados também ao Kwid para explicar seu sucesso de vendas além disso, mas sem muita eficácia. As vendas diretas é um deles. O Kwid teve 29% de vendas diretas, que podem ser para empresas e frotistas, em abril. O Mobi teve 24%. Não é uma diferença significativa que colocaria o Mobi perto do Kwid no ranking.

Carros de sucesso que não existem aqui

Estes 24% significam que 76% dos Kwid entregues são para pessoas que vão lá escolher o subcompacto/SUV por diversos motivos. Economia de combustível é um deles, manutenção barata também. Espaço interno definitivamente não. Digamos que eu não sou uma cara pequeno, mas caibo em outros modelos compactos. E eu não coube no Kwid. Foi o primeiro carro que avaliei que eu não consegui posição de dirigir.

Você deve estar se perguntando sobre o outro subcompacto do mercado, o Volkswagen Up!. Bem, ele sofre de megalomania desde o lançamento. Tem motor turbo em algumas versões, cinco estrelas em testes de colisão, espaço interno surpreendente para suas dimensões e mais algumas outras coisinhas. Que somadas fazem seu preço inicial ser de R$ 49.590. Um Kwid e dois terços. Porque só rezando mesmo para o Up! vender bem.

Os carros mais vendidos de abril de 2019


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais


Mais artigos